Menina de 13 anos lança seu livro

Ela leu o primeiro poema aos sete anos – e ainda acha que começou tarde. Desde então, Carolina Carvalho de Souza Ávila, de 13 anos, se apaixonou. Da leitura a começar a escrever os primeiros poemas autorais foi o primeiro passo para a concretização de um sonho: lançar um livro. 

“O Coração”, seu primeiro poema, ficou guardado em um caderninho especial. E foi, a partir dele, que a menina lançou seu primeiro livro: “O Brilho dos Poemas”.

A paixão pela literatura da aluna do 7º ano do ensino fundamental do Colégio Dehon transborda em talento e criatividade. Carismática, envolvente, doce e radiante, Carolina conta que “O Brilho dos Poemas” foi seu primeiro livro editado, mas que antes dele teve outro, todo cor de rosa, com 24 páginas. 

O poema de abertura foi “O Coração”, sua primeira obra. “Quando li o primeiro poema da minha vida, aos sete anos, já estava interessada no mundo literário. E então me apaixonei por esta parte da literatura e comecei a escrever”, comenta, com maturidade de escritora. 

Do primeiro livro, cor de rosa, impresso no colégio, à obra agora editada e lançada, passaram-se aproximadamente três anos. “O Brilho dos Poemas” é azul, com capa que representa a autora: uma menina na lua rodeada de livros. 

Nele, alguns dos poemas feitos desde os sete anos, em 160 páginas. “O Coração” também está lá, como também os textos contidos naquele primeiro livro, cor de rosa, além de produções feitas ao longo dos anos.

A paixão pela leitura e pelo mundo das letras surgiu muito cedo em Carol, e foi incentivada pelos pais, familiares e professores. “Nada foi imposto. Veio dela este interesse e este talento. O que fizemos sempre foi incentivá-la. Mas nem imaginava que chegaria o dia que ela pudesse publicar seu livro”, conta a mãe de Carolina, Vanessa Carvalho de Souza Ávila.

Sobrinha da professora Maria Filomena Souza Espíndola, a Mariazinha, é certo que a literatura está em seu DNA. Agora, com o primeiro livro lançado e a animação de quem encontrou sua verdadeira vocação, Carolina afirma que já pensa nas próximas obras. “Vou, com certeza, lançar novos livros de poemas, mas o meu próximo será de histórias. Afinal, também gosto muito deste estilo”, pontua.


Livros e cadernos são os presentes favoritos

O amor pela literatura começou muito cedo para Carol. Ela conta que começou a ler aos cinco anos, “mais ou menos”, diz. Mas a leitura de livros vai além na vida de menina de 13 anos. Ela gosta de ler e fazer uma “ficha de leitura” de cada obra, com resumos e dados que considera importante. 

De acordo com sua mãe, ela sempre pediu livros de presente e também cadernos, para escrever seus poemas e resumos. “Temos tudo guardado e separamos por data”, comenta Vanessa, mãe de Carol.

O talento também foi visto pelos professores, que desde cedo perceberam a paixão pela leitura e pela escrita na menina, tanto que foram elas as primeiras incentivadores do seu primeiro livro – aquele cor de rosa. 

“Um dia, perguntei para a professora de língua portuguesa o que ela achava dos trabalhos da Carol e o que eram poemas. A ‘tia’ Gladys, então, me respondeu; ‘Poema representa tudo o que é belo. E isso ela expressa muito bem’”, conta.


Fada madrinha

O sonho de um dia ver seus poemas publicados em um livro teve as mãos de uma fada madrinha. A bibliotecária Rosa Ângela de Oliveira, funcionária da biblioteca da Unisul, foi quem “descobriu” a talentosa escritora e poetisa Carolina Carvalho de Souza Ávila. O primeiro livro de Carolina – o cor de rosa – chegou até as mãos de Rosa por acaso. “Sou voluntária no Abrigo dos Velhinhos e toda semana participo do Chá com Poesias, onde recito poemas aos idosos de lá. Um dia, estava à procura de um livro e uma funcionária me falou sobre o livro da Carol, que uma das filhas havia ganhado. Ela me trouxe e me encantei”, lembra. Rosa, então, conheceu Carolina e percebeu nela o talento nato para a literatura e os poemas. Foi em busca da realização do sonho da menina: o lançamento de seu livro. E conseguiu: “O Brilho dos Poemas” está aí, editado e lançado. Ele pode ser adquirido na livraria Libretto, em Tubarão.

Fonte: Diário do Sul

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: falecom@meusul.com.br

Newsletter