Compras de aço pela rede de distribuição em novembro sobem 5%, diz Inda


As compras de aço pela rede de distribuição em novembro de 2016 subiram 5% em relação ao mesmo mês de 2015, totalizando 256,4 mil toneladas, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira, 20, pelo Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (Inda). Em relação a outubro, as compras caíram 6%. O volume inclui chapas grossas, laminados a quente, laminados a frio, chapas zincadas a quente, chapas eletro-galvanizadas, chapas pré-pintadas e gavalume.

Já as vendas de aços planos realizadas pela rede de distribuição no mês passado alcançaram 248,8 mil toneladas, o que significou uma queda de 2,3% ante novembro de 2015. Na comparação com outubro, foi registrada baixa de 2,9%.

Com esse desempenho, os estoques da rede de distribuição ficaram em 919,5 mil toneladas em novembro deste ano, o que representou um aumento de 0,8% na relação mensal. O giro dos estoques ficou em 3,7 meses em novembro, ante 3,6 meses em outubro.

As importações da rede subiram 29,9% na relação anual, para 87,4 mil toneladas em novembro. Ante outubro, houve queda de 35,9%.

Para dezembro, o Inda projeta que tanto as vendas quanto as compras devem recuar aproximadamente 23%.

Expectativas

Após uma queda esperada de 5% nas vendas de aços planos realizadas pela rede de distribuição em 2016, o presidente do Inda, Carlos Loureiro, mantém uma estimativa de crescimento da mesma grandeza, de 5%, em 2017.

Para que se concretize, a projeção para 2016 pressupõe uma queda de 23% nas vendas em dezembro ante novembro, patamar levemente menor que os 27% de recuo registrados em dezembro de 2015 ante novembro daquele ano.

Já a projeção para o próximo ano leva em conta uma perspectiva mais positiva em relação à queda da taxa de juros básica, Selic. Para Loureiro, se os juros chegarem ao final do próximo ano num patamar inferior a 10%, isso tende a estimular setores importantes da cadeia de aço como a construção civil e a indústria automotiva.

Por outro lado, Loureiro considera que não há grandes expectativas de aumento na produção por parte das usinas. "Com a queda esperada no consumo de aço em dezembro, os estoques tanto nas usinas como na rede de distribuição tendem a aumentar", afirmou.

Fonte: Estadao Conteudo

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: falecom@meusul.com.br

Newsletter