Produção de celulose cresce 10,5% em novembro


A produção de celulose cresceu 10,5% em novembro de 2016 ante novembro de 2015, para 1,583 milhão de toneladas. As exportações evoluíram 17,6%, para 1,070 milhão de toneladas, e as importações recuaram 28,1%, para 23 mil toneladas.

No acumulado de janeiro a novembro de 2016, na comparação com igual intervalo de 2015, a produção teve um crescimento de 8,5%, para 17,022 milhões de toneladas. No mesmo período, as exportações avançaram 11,6%, para 11,719 milhões de toneladas, e as importações caíram 11,9%, para 334 mil toneladas.

Papel

No segmento de papel, a produção cresceu 2% em novembro de 2016 ante 2015, para 857 mil toneladas. As vendas domésticas ficaram estáveis, em 451 mil toneladas, enquanto as exportações recuaram 2,9%, para 165 mil toneladas, e as importações cresceram 8,5%, para 64 mil toneladas.

De janeiro a novembro de 2016, a produção ficou estável em 9,478 milhões de toneladas contra os 10 meses de 2015. As vendas domésticas caíram 0,4%, para 4,941 milhões de toneladas, as exportações cresceram 2,5%, para 1,914 milhão de toneladas, e as importações recuaram 22,4%, para 638 mil toneladas.

Painéis de madeira

Em novembro de 2016 contra o mesmo período de 2015, as vendas domésticas de painéis de madeira cresceram 3,5%, para 533 mil metros cúbicos. Já as exportações subiram 53%, para 101 mil metros cúbicos.

No acumulado de janeiro a novembro de 2016 na comparação com igual intervalo de 2015, as vendas domésticas caíram 3,3%, para 5,746 milhões de metros cúbicos e as exportações avançaram 65,2%, para 932 mil metros cúbicos.

Balança comercial

De janeiro a novembro de 2016, o saldo da balança comercial do setor ficou em US$ 6,011 bilhões FOB, um avanço de 2,3% na comparação com o mesmo período de 2015. O segmento de celulose foi responsável por US$ 4,766 bilhões FOB, praticamente estável ante 2015, quando somou US$ 4,771 bilhões FOB. O saldo da balança comercial de papel avançou 9,7%, para US$ 1,025 bilhão FOB.

No total (celulose, papel e painéis de madeira), as exportações caíram 2,1%, para US$ 6,958 bilhões FOB, enquanto as importações recuaram 22,9%, para US$ 947 milhões FOB.

Na divisão por destino, a China é o principal mercado comprador da celulose brasileira, com US$ 1,907 bilhão FOB de janeiro a novembro de 2016, um crescimento de 11,8% ante 2015, seguida pela Europa, com US$ 1,665 bilhão FOB, um recuo de 14% ante o ano passado. Para a América do Norte, foram exportados US$ 826 milhões FOB, uma queda de 8% ante janeiro a novembro de 2016, e para a América Latina foram US$ 130 milhões FOB, uma expansão de 26,8%.

Fonte: Estadao Conteudo

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: falecom@meusul.com.br

Newsletter