Dólar tem terceira queda consecutiva e fecha em R$ 3,3296


O dólar seguiu em queda durante a tarde toda desta quarta-feira, 21, em meio a poucos negócios, uma vez que houve concentração de operações no período da manhã. O recuo, pelo terceiro dia seguido, foi determinado, em parte, por novos ingressos de fluxo financeiro para pagamentos de ações adquiridas por estrangeiros na operação de re-IPO da Sanepar, cuja data de liquidação será na sexta-feira, 23, segundo identificou a Correparti. Pesaram também o Índice Nacional de Preços ao Consumidor - 15 (IPCA-15) mais baixo que o esperado e a queda externa do dólar, afirmaram profissionais do mercado.

Após o IPCA-15 mais fraco que o esperado, cresceram expectativas de aceleração de cortes da Selic a partir de janeiro, além de uma melhora da economia doméstica, disse o economista-chefe da Guide Investimentos, Ignácio Crespo. Para ele, a inflação mais modesta pôs em segundo plano a derrota sofrida na terça-feira pelo governo com a aprovação do texto da renegociação da dívida dos Estados na Câmara por 296 votos a 12, sem as contrapartidas.

Crespo acrescentou que graças ao IPCA-15 houve nova queda também da percepção de risco do Brasil, pelo quinto dia seguido. Por volta das 15h30, o risco país medido pelo contrato de Credit Default Swap (CDS) de cinco anos estava em 283 pontos, ante 284 pontos na terça, após registrar mínima intraday nesta quarta aos 282 pontos.

Houve ainda influências do exterior. Lá fora, o dólar caiu ante divisas principais e algumas emergentes nesta quarta, reagindo a uma realização de lucros após a renovação de recordes de alta em 14 anos registrada na terça. Às 18h24, o dólar caía a 117,543 ienes, de 117,80 ienes na véspera. O euro subia a US$ 1,04285, ante US$ 1,0392 no fim da tarde de terça.

O dólar à vista fechou em queda de 0,50%, aos R$ 3,3296, com giro de cerca de US$ 1,297 bilhão. O dólar futuro de janeiro encerrou em baixa de 0,71%, aos R$ 3,3360, com volume financeiro movimentado de cerca de US$ 10,605 bilhões.

Fonte: Estadao Conteudo

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: falecom@meusul.com.br

Newsletter