Dólar fecha em baixa, aos R$ 3,27, com queda acumulada de 3,64% na semana


O dólar voltou a cair ante o real pelo quinto dia seguido para o patamar de R$ 3,27. Após passar a manhã toda em baixa, a moeda americana renovou mínimas à tarde com um incessante fluxo de entrada de recursos estrangeiros pela via financeira no mercado local, segundo profissionais de câmbio. Eles constataram também vendas antecipadas diante da previsão de continuidade desse movimento de internalização de capitais até o fim da próxima semana, última de 2016, e também no começo de 2017. Afirmam que são recursos que entram para pagamentos de compras corporativas por investidores estrangeiros e também relativos a empréstimos externos por empresas nacionais, como a Petrobras.

O gerente de uma gestora de recursos listou, além do fluxo financeiro favorável nesta sexta-feira, 23, uma série de outros fatores que, em conjunto, vêm contribuindo para atrair investimentos ao País e para uma acomodação do risco Brasil no nível de 282,93 ponto nesta sexta-feira.

"Do lado externo, a queda do dólar ante moedas emergentes, o fortalecimento do euro ante o dólar e um ensaio de alta pontual do petróleo à tarde." Internamente, ele citou o arrefecimento da crise política em meio ao recesso do Congresso e do Judiciário e o anúncio de minirreformas e medidas para estimular a economia, que são bem vistas por investidores e também por parte da população. Confirmou ainda o fluxo financeiro diário positivo. "Esse ambiente como um todo serve de atrativo ao investidor nacional e estrangeiro", comentou.

No fechamento, o dólar à vista estava em baixa de 0,93%, aos R$ 3,2703 - menor valor desde 09/11/2016 (R$ 3,2232). Nas cinco sessões de baixa, incluindo a de sexta, acumula perda de 3,64% na semana.

A mínima intraday ficou em R$ 3,2593 - menor valor desde 10 de novembro último, quando cedeu até R$ 3,2117 durante a sessão. A máxima foi de R$ 3,2921. O giro total registrado nesta sexta somava cerca de US$ 1,817 bilhão.

No mercado futuro, o dólar que vence em 2 de janeiro de 2017 encerrou aos R$ 3,2770, com baixa de 0,52%. O giro movimentado somou cerca de US$ 9,802 bilhões.

Fonte: Estadao Conteudo

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: falecom@meusul.com.br

Newsletter