China ajustaráíndice de sua cesta de moedas usado para regular o yuan


O Banco do Povo da China (PBoC) está ajustando a cesta de moedas estrangeiras usada para estabelecer o valor diário do yuan, uma mudança que, segundo analistas, deve ajudar a abrandar a depreciação da moeda.

A partir de 1 de janeiro, o número de moedas na cesta será expandida para 24, das 13 atuais, informou o Sistema de Comércio de Câmbio da China, órgão do PBoC, nesta quinta-feira. Entre as novas moedas está o won sul-coreano, o rial saudita e a coroa sueca, enquanto o peso do dólar americano será cortado para 22,4%, de 26,4%.

De acordo com analistas, o ajuste da cesta de moeda, pode ajudar o PBoC a impedir que o yuan se desvalorize muito e de forma rápida ante o dólar, caso o recente rali da divisa americana continue. Nas últimas semanas, o yuan tem sofrido pressão do aumento de saídas de capital, crescente incerteza sobre a economia da China e com o aumento da taxa básica de juros nos EUA.

De acordo com o anúncio desta quinta-feira, a nova cesta irá incluir as moedas de quase todos os principais parceiros comerciais da China. Fonte: Dow Jones Newswires.

Fonte: Estadao Conteudo

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: falecom@meusul.com.br

Newsletter