Juros futuros fecham com viés de baixa à espera da reunião do Copom


Os juros futuros encerraram a véspera da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) com ligeiro viés de baixa. A direção reflete ajustes discretos de apostas para uma postura mais agressiva do colegiado, ou possível aceleração do ritmo de corte da Selic para 0,75 ponto porcentual (pp). As apostas majoritárias seguem sendo de redução de 0,50 pp. Antes da decisão na quarta-feira, dados de varejo e inflação podem provocar ajustes finais, segundo fontes do mercado de renda fixa.

Ao término da sessão regular, o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) com vencimento em abril de 2017 apontava 12,815%, de 12,825% no ajuste de sexta-feira. O DI para janeiro de 2018 indicava 11,365% (11,385%). O DI para janeiro de 2019, 10,90% (10,91%) e o DI para janeiro de 2021, 11,19% (11,25%).

"As notícias da manhã foram positivas", disse um operador, referindo-se á baixa nas projeções de inflação na pesquisa Focus, que ajudam a gerar um viés de baixa. No levantamento, a mediana das projeções do mercado financeiro para o IPCA cedeu de 6,38% para 6,35%. Para 2017, a estimativa caiu de 4,87%, para 4,81%. O profissional afirmou ainda que "a PMC (Pesquisa Mensal de Comércio) de amanhã e o IPCA devem dar o tom das apostas que o mercado vai fazer de hoje até quarta-feira. Não diria que são determinantes, mas certamente ajudarão a empurrar o mercado pra um lado ou pro outro."

Fonte: Estadao Conteudo

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: falecom@meusul.com.br

Newsletter