Estudante revela talento de presos

Barcos de madeira, balaios feitos com jornal, dobraduras e enfeites natalinos estão expostos à venda no hall da Faculdade de Capivari (Fucap), em Capivari de Baixo. Mais que o valor estético, os materiais têm um significado especial: foram confeccionados a partir de um trabalho de ressocialização com detentos do Presídio Masculino de Tubarão. 

A mentora da ação foi a estudante Raquel Alves David, de 19 anos, que cursa a pós-graduação em História Social na Fucap. “Este tema, da ressocialização, é algo que sempre debati em sala de aula, que sempre me despertou interesse, até porque meu pai trabalha como agente prisional”, explica a jovem, ao ser perguntada a respeito da motivação para o trabalho.

Assim, quando precisou realizar um projeto social para a pós-graduação, o tema surgiu naturalmente. “Apresentei o projeto para a juíza, que me autorizou a trabalhar com os detentos. Foi a primeira vez que isso aconteceu, a nossa ação lá é pioneira”, destaca Raquel.

Oito presidiários participaram do trabalho de ressocialização, que começou no dia 28 de novembro e terminou ontem de manhã. “Todos eles eram detentos de regime fechado, pois eu queria que essa oportunidade fosse dada justamente para esses presos que têm pouca interação social”, explica a estudante da Fucap.

Durante esses dias, Raquel e os detentos tiveram uma rotina de trabalho longa, que iniciava às 8h da manhã e só terminava às 18h30, e conseguiram uma produção significativa: foram cerca de 50 peças de artesanato. Agora, o valor arrecadado com a venda será revertido integralmente para o detento autor de cada peça.

A estudante acredita que ações como essa podem dar uma segunda chance a esses presidiários, fazendo com que eles encontrem novas motivações e se afastem do crime. “Fiquei impressionada ao descobrir grandes talentos escondidos naquelas pessoas”, comenta.

Para ela, o trabalho foi transformador. “Uma experiência única pra mim, de fazer um trabalho que pouca gente consegue e que pode mudar a vida daquelas pessoas. Ver o sorriso no rosto deles foi gratificante”, diz Raquel.

Fonte: Diário do Sul

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: falecom@meusul.com.br

Newsletter