Não houve novas prisões em Capivari

A megaoperaç0ão do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) de Criciúma e Florianópolis, com o apoio da promotoria de justiça de Capivari de Baixo não registrou mais presos neste fim de semana, como foi ventilado em redes sociais neste fim de semana.

Até agora são quatro os vereadores reclusos entre a última terça e quinta-feira. Arleis Flávio Nunes Ribeiro e Jean Corrêa Rodrigues, ambos do (PSDB), Ismael Martins, o Mael (PP) e Edison Cardoso Duarte, o Edison da Elétrica (PMDB) foram presos com indícios de várias práticas ilícitas.

No fim de semana, muito se falou pela cidade que mais dois parlamentares também foram afastados das funções, e ainda tiveram o pedido de prisão decretada pela juíza da comarca, Rachel Bressan Garcia Mateus, o que não ocorreu. Entre os comentários havia informações que o legislador Jonas Machado dos Santos (PMDB) era foragido e que Fernando de Oliveira da Silva (PSB) já estava no Presídio Masculino, no bairro Bom Pastor, em Tubarão.

Conforme Fernando, as informações foram veiculadas nas redes sociais, porém são inverídicas e infundadas. “Não sei por que o meu nome foi envolvido. Tenho realizado o meu trabalho na Câmara de maneira honesta e assim continuarei.

nfelizmente, nas redes sociais as pessoas colocam o que vem pela cabeça e esquecem-se do outro e de sua família. Estou à disposição da justiça sempre que necessário”, assegura. Os filhos do legislador da Cidade Termelétrica publicaram em suas páginas nas redes sociais que o fato não era verdadeiro e se mostraram descontentes com a situação. “Reitero que estou tranquilo e consciente da minha atividade na Câmara. Não tenho nada a temer”, finaliza Fernando.

Sessão deve ocorrer normalmente hoje
A primeira sessão de Capivari após o afastamento e prisão dos vereadores Arleis Flávio Nunes Ribeiro (PSDB), Edison Cardoso Duarte (PMDB), Ismael Martins, o Mael, (PP) e Jean Corrêa Rodrigues (PSDB), e do afastado Manoel da Silva Guimarães, o Farinheira (PT) deverá ocorrer hoje, às 19 horas. Porém, o encontro só será possível se mais nenhum legislador for ‘retirado’ de suas funções por ordem do judiciário.

Após a desocupação de três integrantes da mesa-diretora, o 2º secretário, Elto Aguiar Ramos, o Eltinho (PP), comandará o encontro na Casa Legislativa. Eltinho relata que será colocada em votação a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o próximo ano. “Temos que prosseguir com os encaminhamentos. É necessário realizarmos a votação amanhã (hoje) e, na próxima semana, daremos continuidade para concluirmos esta votação em uma segunda votação”, explica Eltinho. A prisão de Arleis expirou no sábado e dos vereadores Jean, Mael e Edison devem encerrar hoje, porém, como as investigações e todas as informações seguem em segredo de justiça ainda não se sabe se foi ou será pedido mais cinco dias de prisão temporária.

Fonte: Notisul

 

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: falecom@meusul.com.br

Newsletter