Mãe e filha de 3 meses são mantidas em cárcere privado pelo pai da criança, em Blumenau

A jovem conseguia se comunicar somente por meio de uma janela basculante (foto) com uma vizinha, que teria receio de denunciar o caso em razão do perfil violento do suspeito.

A Polícia Civil de Blumenau resgatou uma mulher de 18 anos e um bebê de três meses que eram mantidos em cárcere privado pelo companheiro dela em uma casa da Rua Francisco Vahldieck, no bairro Fortaleza, em Blumenau. A ação foi realizada no fim da tarde de segunda-feira (27).

O homem de 20 anos foi preso na empresa em que trabalhava e encaminhado ao Presídio Regional de Blumenau. Ele teve prisão preventiva decretada e responderá por cárcere privado e por posse de maconha, encontrada na residência. A mãe e a criança foram encaminhadas a uma casa de acolhimento.

Segundo o titular responsável pela Delegacia de Proteção à Mulher, à Criança, ao Adolescente e ao Idoso (DPCAMI), Gilberto de Azevedo, a jovem conseguia se comunicar somente por meio de uma janela basculante (foto) com uma vizinha, que teria receio de denunciar o caso em razão do perfil violento do suspeito.

A criança, que nasceu há três meses com apenas 1,9 quilo, não teria sequer tomado as vacinas obrigatórias e nunca saiu da quitinete desde que nasceu. A mãe foi vítima de espancamento desde a gravidez. Segundo o delegado, a vítima estava em “estado letárgico”, como que conformada com a situação.

Ele conta que já havia registros de ocorrências de agressão do rapaz contra a companheira. Uma audiência chegou a ser realizada no período em que a jovem estava internada para dar à luz a filha. Desde então a vítima passou a ser enclausurada em casa.

À equipe da Polícia Civil, o homem alegou que não permitia que a jovem e o filho saíssem porque dizia sentir ciúmes da jovem.

Já o irmão do rapaz tem outra versão. “Ela inventou essa história porque eles brigaram na sexta-feira (24). Os dois eram muito ciumentos um do outro e penso que contou isso à polícia para se vingar do meu irmão”, disse Franciele Sander.

Fonte: Notisul

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: falecom@meusul.com.br

Newsletter