Braço do Norte realiza 1º Seminário do Desenvolvimento Econômico Local

Você já imaginou como será Braço do Norte daqui a 20 anos? Talvez você ainda não, mas já tem gente pensando nisso. Há cerca de um ano, a Prefeitura Municipal de Braço e com o apoio de mais 14 entidades aderiu ao projeto de Desenvolvimento Econômico Local (DEL). O objetivo? Buscar novas políticas de desenvolvimento econômico no município a médio e longo prazo.

Para atingir este objetivo, um estudo diagnosticou as principais demandas do município e a partir de então foram definidas oito câmaras técnicas que, ao longo dos próximos anos, desenvolverão projetos nas mais diversas áreas visando o desenvolvimento do município.

O trabalho de um ano da equipe de mais de 200 colaboradores voluntários do DEL foi mostrado à população na noite desta quinta-feira, 30, durante o 1o Seminário do Desenvolvimento Econômico Local, realizado no salão paroquial da cidade. O evento, que contou com participação de cerca de 400 pessoas, apresentou o funcionamento do DEL, suas câmaras, seus membros e os projetos em desenvolvimento em cada departamento.

Na abertura do evento, o prefeito de Braço do Norte, Beto Kuerten Marcelino, que é presidente de honra do DEL, falou sobre os projetos que já são frutos da interação com as câmaras técnicas. “Além de cumprirmos um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) com o Ministério Público, atendemos a uma demanda do DEL e isso nos deixa muito felizes, pois vemos as coisas se efetivando neste momento", destacou o prefeito, que anunciou ainda a parceria com a Unisul e a Weber Empreendimentos, que possibilitará um desconto de 30% para o funcionários da Prefeitura e seus dependentes, para a unidade da instituição em Braço do Norte. “Vamos valorizar a Unisul, que está sendo construída aqui, e também nosso funcionário. E vamos oferecer ainda mais: para cada funcionário público que estiver fazendo curso aqui, vamos conceder ajuda de custo de R$ 100”.

O vice-presidente da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc), Carlos Fornazza, afirmou estar satisfeito com os resultados apresentados. “É gratificante, após um ano, poder ver que o processo está andando e, mesmo com a transição política, o projeto se manteve firme, porque é um programa que não é político, é do município e que visa seu desenvolvimento. A nova Administração percebeu isso, abraçou a causa e o processo está em plena continuidade".

Durante o seminário, o presidente da Associação Empresarial do Vale do Braço do Norte, Roberto Michels, vice-presidente do DEL, apresentou ao público presente a Ouvidoria do programa, que visa aprimorar a qualidade dos projetos desenvolvidos. A Ouvidoria recebe o contato do cliente-cidadão, pelo site www.delbn.com.br, examina e verifica a procedência e encaminha para o Conselho do DEL que responderá dentro de um prazo de 30 dias por e-mail ou telefone. “A Ouvidoria é o meio de comunicação com a sociedade, para que ela possa ter esclarecimentos sobre os projetos e também dar a sua contribuição. Todas as ideias serão bem acolhidas”, ressalta.

Confira a matéria de vídeo:

Fonte: Meu SUL

 

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: falecom@meusul.com.br

Newsletter