Via Rápida: responsável por pagamento de energia ainda indefinido

Ainda não se sabe quem ficará responsável pelo pagamento da energia elétrica da Via Rápida, principal acesso a Criciúma. Entregue no dia 20 de dezembro de 2017, a SC-446 ainda não tem prazo para que a iluminação fique pronta.
No entanto, teme-se que ocorra o mesmo impasse enfrentado na Ponte de Laguna, onde até hoje, mesmo depois de quase três anos de inauguração, nenhuma conta de energia foi paga. Em Laguna, há um impasse Dnit e a prefeitura para saber quem paga a dívida que já passa de R$450 mil.
Na Via Rápida, mais um passo foi dado nesta semana. O governador Eduardo Pinho Moreira (MDB) autorizou a Celesc a iniciar o processo de licitação para a implantação de iluminação. O investimento do Governo do Estado é de R$ 8,5 milhões.

Custeio mais barato
Segundo informações da Secretaria de Estado da Infraestrutura, o pagamento da energia será discutido entre os Municípios de Criciúma e Içara, por onde passa a estrada. Por meio da assessoria de imprensa, a Secretaria garantiu que o custeio não será caro, tendo em vista que o projeto utiliza lâmpadas de LED, que geram menos custo.

Prefeitos ainda não foram consultados
De acordo com o prefeito de Criciúma, Clésio Salvado (PSDB), ele ainda não foi procurado para discutir o assunto. “Estamos abertos a discussão. Precisar arcar com este investimento não é um impeditivo diante da grandeza da obra”, afirma Salvaro.
O prefeito de Içara, Murialdo Gastaldon (MDB) também confirmou que não foi consultado sobre assunto, contudo, também não vê problema em dividir a conta. “Nós já arcamos com a energia da SC-445, que é uma rodovia estadual. Além disso, sabemos que a energia pública é por conta do Município”, lembra Gastaldon.

Moreira cumpre agenda no Sul na quinta
Pinho Moreira cumprirá agenda no Sul, na quinta-feira, 17, quando também falará sobre o projeto de iluminação da Via Rápida. Segundo o governador, ele é inovador e irá embelezar e tornar mais segura a rodovia. “Para completar a obra estamos solicitando que a Celesc faça as adequações necessárias para lançarmos a licitação”, destacou Moreira.
O protocolo de intenções assinado por Moreira autoriza a Celesc a realizar as obras em troca de ICMS. O projeto executado pelo Deinfra consiste na instalação de postes ornamentais que vão dar sustentação às lâmpadas, todos com fiação subterrânea. “Precisamos adequar o projeto na tabela da Celesc para então lançar a licitação que deverá sair em poucos dias”, explicou o diretor de distribuição da empresa, Vitor Lopes Guimarães.

Fonte: Portal DN Sul

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: falecom@meusul.com.br

Newsletter