Polícia descarta possibilidade de filho ter agredido idosa

A delegada Vivian Garcia, titular da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI) de Tubarão, concluiu que não há indícios de que a idosa de 82 anos encontrada ferida no sábado em sua casa, na Cidade Azul, tenha sofrido violência.

Segundo afirmou Vivian ontem à tarde, está descartada a hipótese de que o filho da idosa, de 55 anos, tenha agredido a mãe.

O caso foi noticiado pelo DS nesta terça-feira. Conforme o boletim de ocorrência divulgado pela Polícia Militar um dia antes, o filho da mulher foi levado à delegacia por conta das suspeitas.

Na segunda-feira à tarde, a reportagem conversou com a delegada Vivian Garcia, que declarou que precisava ouvir os envolvidos para se pronunciar.

Um familiar da idosa também contestou as suspeitas. Segundo Arnoldo João da Silva, que é genro da mulher, ela se feriu após sofrer uma queda. “Não teve agressão nenhuma”, diz Arnoldo.

O genro afirma que o homem chegou em casa no sábado e ouviu gritos. “Os dois moram no mesmo terreno, mas em casas separadas. Ele chegou e ouviu ela gritar, dizendo que tinha caído e que não conseguia se levantar. Como não tinha a chave, ele arrombou a porta e chamou os bombeiros”, relata.

Ao chegarem ao local, porém, os bombeiros acharam a história suspeita e decidiram acionar a polícia. “Eles não acreditaram na versão dele porque ele estava alcoolizado. Mas temos certeza de que ele falou a verdade”, ressalta Arnoldo.

Ainda segundo ele, na tentativa de se levantar a idosa acabou quebrando o puxador de uma gaveta e puxou cobertas para o chão. “Por isso estava uma bagunça. Também tinha sangue no criado-mudo, mas porque foi justamente onde ela caiu. No hospital, atestaram que foi uma queda de pressão”, informa.

A mulher está se recuperando no Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC). Arnoldo diz que ele e sua esposa, filha da idosa, vão se mudar para a casa da sogra.

Informações Diário do Sul
Foto: Arquivo

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: falecom@meusul.com.br

Newsletter