Homem é condenado a 8 anos de prisão por acorrentar mulher em Tubarão


Enquadrado na Lei Maria da Penha, um homem foi condenado ontem, em Tubarão, a oito anos e dez meses de prisão por cárcere privado, lesões corporais e ameaça agravada por violência de gênero contra a própria esposa.

Na sentença, o titular do Juizado Especial Criminal e de Violência Doméstica da comarca de Tubarão, juiz Maurício Fabiano Mortari, observou que o acusado assumiu um papel de controlador da vida de sua esposa com o pretexto de ciúme. “Ele a dominava de tal forma que ela não teve forças sequer para levar ao conhecimento das autoridades os fatos dos quais estava sendo vítima, tanto que a denúncia inicial partiu de pessoa que inicialmente não foi identificada”, destacou.

Segundo os autos, desconfiado de traição, o homem só permitia  a saída da mulher para ir ao trabalho, ainda assim sempre em sua companhia. Na residência, para dormir, a companheira era acorrentada e amarrada ao réu, que mantinha um facão debaixo da cama. Essa rotina se manteve por cerca de quatro meses. Em duas oportunidades, o marido ainda a espancou.

Informações: Jornal Notisul 

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: falecom@meusul.com.br

Newsletter