Homem de Cocal do Sul é indiciado por mais um estupro

 

Marcos Claiton Machado, de 38 anos, foi indiciado por mais um crime de estupro, desta vez, pela Polícia Civil de Içara. Na última sexta-feira, ele já havia sido indiciado por estupro de vulnerável e também por cárcere privado, pela Polícia Civil de Cocal Sul, em relação ao crime registrado contra uma menina de 11 anos no município.

No dia seguinte ele foi preso em casa, no Bairro Pio Correa, área nobre de Criciúma, negou o crime, mas confessou em seguida alegando que teria ficado alucinado devido à mistura de bebida alcoólica e remédios, o que não convenceu a polícia. Interrogado na última sexta-feira pelo delegado da Comarca de Urussanga, Marcelo Vianna, no Presídio Santa Augusta, ele adquiriu o direito de permanecer calado, se manifestando somente em juízo. O inquérito então foi enviado no mesmo dia ao Fórum da comarca e já está sob análise do Ministério Público - MP.

O outro indiciamento, conforme o delegado da Comarca de Içara, Rafael Iasco, é sobre o crime sexual contra uma adolescente de 15 anos, no ano passado, no bairro Boa Vista, em Içara. Na semana passada a vítima prestou novamente depoimento e reconheceu Machado como sendo o autor do crime o qual foi vítima, assim como a arma e o carro usado na abordagem, um Malibu, de cor preta, material que foi apreendido na residência dele durante cumprimento de mandado de busca e apreensão e da prisão preventiva.

"O caso havia sido encaminhado ao Ministério Público sem autoria, foi reaberto, o indiciei, pois o depoimento dela é bastante contundente, e agora novamente está nas mãos do Ministério Público, porém com autoria definida pela vítima", informa a autoridade policial.

Iasco ainda analisa o rapto de uma menina de dez anos, também no ano passado, no Balneário Rincão, nas proximidades da Escola Melchiades Bonifácio Espíndola. "Esse inquérito ainda não foi encerrado, mas em tese, trata-se de ao menos uma tentativa de estupro", completa. O rapto de uma menina, também de dez anos, no bairro Jardim Elizabete, em Içara, também está sob análise da Polícia Civil içarense. A criança foi abordada nos mesmos moldes, levada a um quarto, mas não foi violentada sexualmente. Iasco inseriu algumas perguntas sobre esses outros casos no interrogatório do acusado, mas em nenhum momento, ele se manifestou.

Vítima do Rincão deve ser ouvida nesta semana

Ainda nesta semana, a adolescente de 15 anos, violentada no último dia 4, deverá ser ouvida pela Polícia Civil, no Balneário Rincão, local onde foi abordada. Ele foi levada para uma residência na localidade e definiu o imóvel com riqueza de detalhes, o que motivou o cumprimento de mandado de busca e apreensão realizado ainda na semana passada. Segundo o policial civil, responsável pela delegacia rinconense, Leandro Klug, o resultado da perícia do local é aguardado para embasamento do inquérito policial. Cabelos e até sangue, constatado por um perito em um lençol, foram recolhidos para análise para serem confrontados com o material genético das vítimas.

"Hoje (ontem) ouvi a psicóloga do Centro de Referência Especializado em Assistência Social - Creas, que atendeu o caso. Pretendo ouvir ainda nesta semana a assistente social para então a vítima ser ouvida por uma policial civil feminina, e tudo isso deve ocorrer ainda nesta semana. Depois é aguardar os laudos periciais. Ela já reconheceu o empresário informalmente por meio de fotos. Há provas bem robustas", reforça Klug. A vítima também foi fotografada e chegou a ser amordaçada. Mesmo encerrado o inquérito policial de Cocal do Sul, a Polícia Civil também segue à espera da perícia nos aparelhos eletrônicos do acusado, principalmente nos celulares, para constatar uma possível integração em uma rede de pedofilia. A Polícia Civil não descarta que ainda possa haver mais vítimas já que o acusado vinha atuando na região há pelo menos dois anos.

Foto: Divulgação

Fonte: Informações: Talise Freitas/Clicatribuna

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: falecom@meusul.com.br

Newsletter