Em Cocal do Sul, prefeito é mantido refém e torturado por assaltantes

O prefeito de Cocal do Sul, Ademir Magagnin, teve sua residência invadida por três homens por volta das 23 horas desse domingo, dia 25. Os criminosos estavam armados e fizeram de refém o prefeito, a sua esposa e um amigo do casal. De acordo com a assessoria de imprensa de Magagnin, após serem abordados, as vítimas foram levadas para um quarto da casa, trancadas e amarradas.

Durante a ação, todas as repartições da residência foram reviradas, inclusive, subiram no forro do imóvel, com o objetivo de encontrar dinheiro. A ação dos assaltantes durou aproximadamente três horas. Magagnin e a esposa haviam acabado de chegar da festa do município (Cocalfest) e, neste meio tempo, receberam a visita de um amigo, conversaram e ao sair da residência, os criminosos efetuaram a abordagem.

Tortura - “Foram três horas de terrorismo. Meus pais viveram momento de horror, tortura e humilhação na mão desses assaltantes. Eles estavam encapuzados. Meu pai foi torturado com uma tesoura onde enfiavam a ponta embaixo da unha, além da tortura psicológica, sempre com uma arma apontada na cabeça. Renderam, amarraram e queriam dinheiro. O pouco que tinha foi levado, mas eles queriam mais e mais. Disseram ainda que iriam matar a minha mãe”, relatou o filho mais velho do prefeito.

Estado de choque - Ainda de acordo com a assessoria de Magagnin, durante a ação, tudo o que tinha de valor foi levado, como uma pequena quantia de dinheiro, eletrodomésticos, alianças, três televisores e o carro do amigo da família, utilizado para a fuga. O prefeito se encontra em estado de choque, abalado e, no momento, está em observação médica na unidade de saúde do município.

“Nós queremos agradecer todas as orações e manifestações de carinho. Não queremos acreditar que isso possa ter envolvimento com a política, pois é uma situação triste e todos estão abalados. Não desejamos isso a ninguém”, finaliza o filho.

Investigação - De acordo com o responsável pela delegacia de Polícia de Cocal do Sul, o agente da Polícia Civil, Evandro Rodrigues, o caso começou a ser investigado e câmaras de segurança da região poderão ser utilizadas nas investigações.

Informações e foto: Portal Engeplus

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: falecom@meusul.com.br

Newsletter