Bruxismo: será que eu tenho?

 

Dor no pescoço, zumbido no ouvido, dor de cabeça ou ouvido podem ser sinais de que você tem bruxismo, uma desordem funcional, caracterizada pelo ranger ou apertar dos dentes. Dentes desgastados e moles também são sinais da disfunção, que acontece predominantemente à noite. Quando acontece de dia, dá-se o nome de briquismo.

De acordo com a ortodontista Lucienne Xerfan de Oliveira, não há uma causa específica para o bruxismo, porém, na maioria dos casos, está relacionado fatores genéticos, a situações de estresse, ansiedade ou problemas de oclusão. Conforme a profissional, muitas são as pessoas que tem bruxismo e não sabem. “A maioria acaba sabendo na cadeira do dentista, quando o profissional percebe os sintomas e começa a questionar a pessoa sobre seus hábitos e faz a associação”. Segundo Lucienne, há também os que procuram um profissional depois de ouvirem de outras pessoas, principalmente companheiros, que fazem barulho com os dentes enquanto dormem.

Conforme a cirurgiã dentista Sheila Della Giustina, o bruxismo pode ter consequências sérias se não tratado. “Em algumas pessoas a força que a pessoa faz é tão intensa que causa amolecimento, o que acaba comprimindo a gengiva, onde se encontram os vasos e nervos, fazendo com que o dente acabe necrosando. A pessoa tem que fazer um tratamento de canal sem ter se quer uma cárie”, explica. Não se conhece ainda um tratamento eficaz para o bruxismo. “Uma alternativa é o uso da placa, o que de acordo com a profissional serve para restringir o movimento dos músculos mastigatórios e reduzir o atrito dos dentes”.

Como prevenir é sempre melhor do que remediar, a dica é que se faça uma consulta regular ao dentista. Para quem já sofre da disfunção, o ideal, segundo as profissionais, é tentar se controlar e relaxar. “É importante que a pessoa evite mascar chicletes, para evitar o hábito de ficar mastigando sem necessidade. Praticar exercícios também é bom, já que alivia as tensões do dia a dia e favorece no tratamento”, aconselha Lucienne. 

Fonte: Meu Sul

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: falecom@meusul.com.br

Newsletter