Grupo de hip hop realiza 1ª Páscoa Solidária

Mais do que uma forma de fazer música, o Hip Hop é uma cultura que alimenta mercado e público dos mais diversificados. De moradores das periferias a indivíduos de classe média e alta, o movimento é um instrumento de expressão que questiona o papel do jovem na sociedade, e também visa o conhecimento, educação, autoaperfeiçoamento, prazer e diversão.

E com o objetivo de disseminar essa cultura, o Grupo Decreto Nagô realiza toda a semana, em frente à Catedral de Tubarão, no Centro, as batalhas de MCs. “A batalha foi criada para ocupar a mente dos jovens e testar os seus conhecimentos. É como uma ferramenta socioeducativa, pois tira eles das drogas, do alcoolismo, e ensina algo produtivo”, explica um dos organizadores da batalha Maria Cândida, André Luiz Mina, o Blackão.

O grupo tem promovido uma série de eventos na Cidade Azul, e no próximo sábado será realizada a 1ª Páscoa Solidária na comunidade da Área Verde, às 14 horas. No local também ocorrerá a segunda edição oficial da Batalha de Hip Hop Maria Cândida, e primeira edição do Sarau Cultural. O evento será aberto ao público e contará com a distribuição de doces, brindes e brincadeira para as crianças.

Também terá atrações como Decreto Nagô, Chubazada Crew, Quintessência, PRV, Azeaerre Mc, Sentimento Negativo e o grupo gospel Nova Aliança. “O foco é levar cultura e informação às crianças e moradores locais. Muitos inflamam que a Área Verde é um ponto de drogas, e isso não é verdade. Pretendemos, com ajuda dos nossos patrocinadores, executar esses eventos de caráter social e cultural nas datas comemorativas como Natal, Páscoa e Dia das Crianças”, prospecta Blackão.

Batalha de MCs fomenta cultura Hip Hop
Dentro do movimento Hip Hop, MC é o artista que compõe e canta o material próprio e original. Na batalha Maria Cândida, dois artistas se enfrentam, cada um improvisando rimas desafiadoras contra o outro.

O movimento Hip Hop está presente desde a década de 1990 na Cidade Azul. O frentista André Luiz Mina faz parte do grupo pioneiro no município, que criou o grupo Decreto Nagô.

O nome, segundo os integrantes, vem da linguagem iorubá, que significa “caminhos”. “Decretamos o nosso próprio caminho. Queremos repassar, por meio da música, uma mensagem de paz. Lutamos por uma cidade com moradia, igualdade social para todos, seja branco ou negro, sem racismo, sem discriminação”, ressalta o organizador do movimento.

Fonte: Notisul

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter