Falta de recursos ameaça atendimentos

A situação financeira do Hospital de Caridade Senhor Bom Jesus dos Passos, em Laguna, está doente. Após a assessoria jurídica do Sindicato dos Médicos do Estado (Simesc), por meio da Diretoria Regional de Laguna, notificar a instituição para que sejam regularizados os pagamentos dos honorários médicos provenientes de atendimentos realizados pelo SUS e convênios, além do pagamento da hora-plantão dos médicos que atuam na emergência, a instituição emitiu uma nota de esclarecimento. 

A direção e a administração do Hospital afirmam que os atrasos dos pagamentos ocorrem pelo fato de a instituição apresentar um déficit financeiro mensal de aproximadamente R$ 200 mil, o que a impede de saldar as contas. Hoje, o hospital recebe, mensalmente, da prefeitura, por meio do Fundo Municipal de Saúde, R$ 75 mil para pagamento da hora-plantão dos médicos do Serviço de Emergência, porém, gasta entre R$ 94 mil e R$ 95 mil, já que mantém dois médicos, diariamente, entre 15 e 21 horas. O hospital recebe, ainda, R$ 19 mil para pagamento do sobreaviso do médico anestesista, porém, gasta mensalmente R$ 25 mil com esta especialidade. 

Além disso, gasta mais R$ 55 mil para manutenção do sobreaviso dos médicos da Maternidade, Clínicas Médica, Cirúrgica, Pediátrica, Ortopédica e Cardiológica e dos serviços laboratoriais. “A situação já foi levada inúmeras vezes ao conhecimento do poder público. Solicitamos aumento dos repasses financeiros municipais, já que o valor per capita recebido é o menor da região, equivalendo a R$ 2,00 por habitante/mês, enquanto outros hospitais chegam ao dobro ou até ao triplo deste valor, mesmo atendendo quantidades menores de pacientes”, diz a direção.

 Além do aumento do repasse mensal, a direção também reivindica ao poder público municipal e estadual o recebimento de valores superiores a R$ 800 mil, referentes ao não pagamento de produção de serviços ambulatoriais realizadas entre os anos 2010 a 2012 e do Incentivo Hospitalar Estadual, cuja última parcela paga foi a de dezembro de 2016.

“Uma vez recebidos estes recursos, o hospital poderia pagar os honorários médicos em atraso, assim como outros compromissos financeiros com fornecedores em geral”, afirma a instituição. 

O prefeito Mauro Candemil relata que a prefeitura não tem condições de aumentar os repasses mensais e que está em dia com os valores acordados por meio de convênio. “A dívida do hospital é muito grande. Há um problema de gestão da instituição, e o município não tem como aumentar os valores, que são de cerca de R$ 100 mil mensais. Apoiamos na busca de emendas parlamentares e outros recursos para o hospital, que, mesmo com todos os repasses, permanece em déficit”, analisa.

Alternativas
Sindicato busca negociações

De acordo com o documento assinado pelo Sindicato dos Médicos do Estado (Simesc), por meio da Diretoria Regional de Laguna, “poderá haver a suspensão dos serviços médicos prestados ao Hospital de Caridade Senhor Bom Jesus dos Passos a partir de 1º de dezembro” caso não ocorra o pagamento dos honorários. De acordo com o diretor regional da Simesc, Odimar Pires Pacheco, uma reunião será realizada nesta quinta-feira. “Estamos tentando marcar uma reunião com a direção do hospital e a prefeitura o mais breve possível. Nesta quinta os médicos, os advogados e o presidente do Simesc irão discutir as próximas ações do corpo clínico”, afirma.

Fonte: Notisul
Foto:Elvis Palma

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter