Ainda em crise? Salário mínimo tem nova queda

Os últimos tempos não têm sido fácil para os brasileiros. Em menos de quatro meses, o valor estipulado para o salário mínimo do próximo ano teve uma segunda queda. Se antes o montante era de R$ 979, recentemente foi para R$ 969 e agora o brasileiro que recebe o mínimo para sobreviver terá direito a R$ 965.

O ajuste se deu em razão de uma previsão menor para a inflação deste ano, utilizada no cálculo do mínimo. O salário é estimado com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do exercício anterior e no Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes.

A tubaronense Maria da Silva, de 71 anos, que recebe apenas um salário mínimo, conta que mais uma vez esta informação foi recebida com surpresa. “Desde que assumiu, este governo tem brincado conosco. O mínimo já é pouco, mal dá para sobreviver e ainda nos tiram o pouco que temos. Os preços estão mais elevados ultimamente, o gás de cozinha, a gasolina, os alimentos. Para muitos este dinheiro nem dá para comprar as medicações”, lamenta.

O orçamento aprovado também prevê um déficit primário menor para o ano que vem. Apesar de a meta fiscal ser um rombo de R$ 159 bilhões para o governo central (que reúne Tesouro, Banco Central e Previdência). Na última semana, um estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) indicou que Santa Catarina tem o segundo maior percentual de aposentados e pensionistas do Brasil.

A estimativa é que 18,4% dos catarinenses recebam benefícios, seja do regime geral do INSS ou dos institutos públicos de previdência. O estudo apontou que o Estado Barriga-Verde ficou 4,2 pontos percentuais acima da média nacional, que é de 14,2%. O Estado vizinho, o Rio Grande do Sul é o líder, com 20,4% de aposentados ou pensionistas no total da população.

Fonte: Notisul

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter