Mega da Virada: apostadores preferem bolões para aumentar chance de ganhar prêmio

As apostas na tradicional Mega-Sena da Virada estão a todo vapor. De acordo com a Caixa Econômica Federal, responsável pelo registro e resultado do concurso, são cerca de 13 mil lotéricas em todo o Brasil trabalhando para que algum sortudo – ou sortudos – comecem o novo ano diferente. O prêmio está estimado em R$ 280 milhões e os bolões estão entre as apostas que mais dividem a opinião dos possíveis e futuros milionários.

Há quem sonhe em ganhar a bolada sozinho e quem aposte nos bolões entre amigos, familiares, colegas de trabalho ou organizados pelas lotéricas. Nesta época do ano as apostas aumentam em 50%, segundo Sandra Ewerton, administradora da Lotérica Taguatinga Shopping, em Brasília.

Sandra diz que quem aposta na Mega da Virada prefere jogar em mais de seis dezenas para aumentar as chances de vitória, mas aí, o valor do bilhete também aumenta. “Por causa disso muita gente prefere apostar em grupo, o famoso bolão", destaca. “Um jogo com 15 dezenas custa R$ 17.517,50. Para uma pessoa fazer esse jogo sozinha, pesa no bolso. Mas quando a gente faz um bolão e divide entre 50 pessoas, por exemplo, como o prêmio é alto, a pessoa vai apostar em 15 dezenas por R$ 350,35. Fica mais leve”, esclarece.

O brigadista Paulo César da Silva, de 45 anos, não esconde a preferêcia por participar de bolões. Há pelo menos 10 anos ele faz as apostas com os colegas de trabalho. “Dá pra fazer jogos mais caros, o que aumenta um pouco as chances de ganhar."

Paulo César ainda reforça que nunca teve prejuízos ao organizar os jogos entre amigos e revela não ser supersticioso na escolha dos números. “Você faz o seu bolão ou compra um feito e torce para dar certo”, fala. “Apostar em grupo é bem interessante porque gera uma grande expectativa, são muitas pessoas envolvidas, são muitos planos e desejos de mudar de vida”.

O brigadista gastou cerca de R$ 250 em bolões para o concurso especial da Mega da Virada e acha que não exagerou. "Lembro que em 2013 gastei cerca de R$ 600. Esse ano estou mais comedido”, finaliza.

 

Bolão ou jogo individual?

Segundo a Caixa, é possível escolher a opção "Bolão Caixa", dividindo cotas com amigos e familiares. Esse tipo de aposta também pode ser solicitado diretamente ao atendente da lotérica, informando números escolhidos e a quantidade de pessoas que participarão.

Existem também as cotas de bolões organizados pelas lotéricas. Cada cota é um recibo da aposta e possibilita que cada apostador possa resgatar seu prêmio individualmente. Na Mega-Sena, os bolões têm preço mínimo de R$ 10,00 e cada cota individual não pode ser inferior a R$ 4,00. É possível realizar um bolão de no mínimo 2 e no máximo 100 cotas.

Ainda segundo a Caixa, em 2017 foram registrados 1,48 milhões de bolões na Mega da Virada. Mas muita gente ainda procura o jogo individual, explica a administradora Sandra Ewerton. “Ele continua como o mais procurado por ser barato. Um bilhete, com o número mínimo de dezenas, que custa R$ 3,50, pode ser o grande vencedor”, ressalta .

O aposentado Cleumar Webert, de 53 anos, já ganhou cerca de R$35 mil em jogos da loteria. Supersticioso na hora de escolher as dezenas, ele acha que não há uma “lógica matemática” nos bolões e aposta no jogo individual. “Jogo os mesmos números há pelo menos 10 anos e, além disso, eu faço uma planilha com os números que mais saíram e elaboro os jogos em cima disso.”

Para a Mega da Virada, Webert diz que fará, pelo menos, 30 jogos. Serão cerca de R$ 200 em apostas. “Quem não joga não ganha. A Mega da Virada é especial, é mais dinheiro, a chance é maior.”

Já o instrutor Robério Oliveira, de 34 anos, conta preferir as apostas em grupo por aumentar as chances de vencer. “Como dividimos o valor, sai mais em conta”, completa. Robério questiona as superstições que envolvem os jogos, mas admite apostar com regularidades em números sequenciais. Nesse fim de ano, o instrutor vai participar de um bolão entre os amigos, mas também fez duas apostas individuais. “Não custa nada tentar”, argumenta.

Fonte: G1

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter