Preços do petróleo atingem máximas de 4 meses com aperto da oferta global

Os contratos futuros do petróleo subiam para uma máxima de quatro meses, após dados do governo norte-americano mostrarem aperto na oferta da commodity, mas os ganhos eram limitados pelas preocupações com o crescimento econômico global em meio à disputa comercial entre EUA e China.

O petróleo Brent subia 0,68 dólar, ou 1,01%, a US$ 68,29 barril, por volta das 12h45. O petróleo dos Estados Unidos avançava 0,79 dólar, ou 1,34%, a US$ 59,82 por barril.

Os preços passaram a subir depois que a Administração de Informações de Energia dos EUA (AIE) divulgou um grande e inesperada queda nos estoques de petróleo. Os estoques de óleo caíram 9,6 milhões de barris na última semana, em comparação com as expectativas dos analistas de um

"Estamos começando a ver o impacto dos cortes de produção da Opep. Estamos vendo o impacto dos cortes venezuelanos", disse Phil Flynn, analista do Price Futures Group.

Os preços do petróleo subiram quase um terço neste ano, impulsionados pelos cortes na oferta entre a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e seus aliados, incluindo a Rússia, assim como as sanções dos EUA contra os exportadores de petróleo Irã e Venezuela.

No entanto, a guerra comercial entre os Estados Unidos e a China, que já dura oito meses, tem agitado os mercados globais já preocupados com os sinais de desaceleração no crescimento econômico este ano.

Fonte: G1

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter