No adeus de Falcão, Corinthians segura empate na prorrogação e é campeão da Liga Paulista

Falcão escreveu o último capítulo da sua história de mais de duas décadas dedicadas ao futsal. E o camisa 12 deixou o futsal sem título, sem perder, mas com um legado que ficará eternizado no esporte. Na noite desta quinta-feira, no ginásio Wlamir Marques, em São Paulo, o Sorocaba venceu o Corinthians no tempo normal por 5 a 3, forçando a decisão do título na prorrogação. O empate por 0 a 0 no tempo extra deu o título da Liga Paulista ao Corinthians.

Com gols de Leandro Lino (duas vezes), Falcão, Rodrigo e Eder Lima, o Sorocaba venceu por 5 a 3, levando a decisão para a prorrogação. Caio, Vander Carioca e Wilde descontaram para o Corinthians. No tempo extra, o Corinthians segurou o empate e comemorou o 12º título estadual da sua história. Segundo o Globo Esporte, a invasão da quadra não permitiu que Falcão falasse pela última vez como jogador profissional dentro de quadra, precisando ser escoltado por seguranças para o vestiário.

 

O jogo

Com menos de dois minutos de bola rolando, o árbitro Emerson Rorato sentiu lesão no joelho direito. Sem um substituto, a partida ficou paralisada por 1h15 minutos. Com a bola rolando, o Sorocaba abriu o placar com Leandro Lino, de cabeça. Nem deu tempo de comemorar e o Corinthians empatou com Caio, em chute cruzado.

Precisando da vitória para forçar a prorrogação, o Sorocaba voltou a ficar à frente no placar, após cobrança de falta e gol marcado por Rodrigo. O Sorocaba ainda abriu vantagem após boa troca de passes até a bola chegar em Falcão, que tocou livre para fazer o terceiro: 3 a 1.

Pressionando e com o apoio da torcida, o Corinthians ficou próximo de marcar em ao menos três chances claras, mas esbarrou nas boas defesas de Tiago. E se quem não faz, toma. Eder Lima aproveitou roubada de bola para soltar a bomba e marcar o quarto do Sorocaba.

Na volta do intervalo, o Corinthians passou a buscar o empate e pressionou a saída de bola do Sorocaba. No entanto, restando 10 minutos para o fim do tempo normal, o Sorocaba marcou o quinto. Leandro Lino recebeu bom passe de Marcel, driblou o goleiro Obina e mandou para o gol.

Na base do goleiro-linha, o Corinthians foi para o tudo ou nada em busca do empate. Vander Carioca e Wilde marcaram, mas não conseguiram evitar a derrota no tempo normal: 5 a 3. E a partida ganhou mais 10 minutos de decisão e Falcão em quadra.

 

Prorrogação

Precisando vencer para ficar com o título, o Sorocaba entrou nos primeiros minutos da prorrogação preocupado defensivamente e evitando sofrer um gol, o que praticamente eliminaria qualquer chance de reverter o placar. A estratégia deu certo e o Corinthians não conseguiu marcar.

Com Falcão de goleiro-linha, o Sorocaba passou a pressionar no segundo tempo. Leandro Lino evitou o gol em cima da linha após falha ofensiva. Na sequência, Lucas defendeu tiro livre cobrado por Caio.

No minuto final, Rodrigo ficou cara a cara com Obina, mas não conseguir finalizar em cheio. O Corinthians se fechou na defesa e gastou o tempo, garantindo o empate e o título da Liga Paulista.

Festa no ginásio Wlamir Marques, em São Paulo. E fim da história profissional de um dos maiores nomes da história do esporte mundial. Falcão não conquistou o título, mas foi o grande premiado da noite, sendo exaltado e festejado pela torcida do Corinthians e de quem simplesmente foi ao ginásio para vê-lo pela última vez.

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter