Container entra em operação em até 20 dias

O que estava previsto para entrar em funcionamento no início de fevereiro terá de ser adiado por mais alguns dias. De acordo com o secretário de Obras de Laguna, Jonatan Nascimento, a Estação de Tratamento de Esgoto, a ser inaugurada no Farol de Santa Marta, só vai começar a operar de fato daqui a 15 ou 20 dias.
Até lá, serão feitos alguns ajustes no local, que fica em frente à Prainha. O container que abriga a estação e pesa cerca de 50 toneladas foi levado para a área reservada a ele, no Farol, na segunda-feira. Galdino Santana de Limas, dono da Tempel Biosolutions, que doou a estação ao município, afirma que falta a prefeitura ligar a rede de esgoto ao container e a Celesc preparar a estrutura para fornecimento de energia elétrica.
A estação de tratamento criada por Limas se destaca, entre outros motivos, pelo fato de não gerar lodo e dispensar a necessidade de manutenção frequente em seus equipamentos.
Ao chegar ao container, o esgoto passa por quatro reatores biológicos para remoção de nutrientes e sua posterior transformação em nitrogênio e oxigênio. Depois segue para uma super-filtragem e uma dosagem de cloro. Ao fim do processo, a água está pronta para descarte ou reaproveitamento em tarefas, como a limpeza de calçadas e veículos. No caso da estação do Farol, a água tratada será lançada ao mar, já livre das impurezas.
O container vai atender toda a comunidade local e funcionará 24 horas por dia, à base de energia elétrica. “É um presente para os moradores do Farol”, comenta Limas. Foi ao se deparar com o cenário de poluição enfrentado pelos banhistas que frequentam a Prainha que o empresário lagunense decidiu fazer a doação, ele também um visitante assíduo do Farol. Para se ter uma ideia, no mais recente relatório de balneabilidade da Fatma, divulgado na sexta-feira, a Prainha foi considerada imprópria para banho.
Se a prefeitura tivesse que comprar a estrutura, teria de desembolsar R$ 350 mil. Limas conta que criou o projeto de estações de tratamento há 54 anos e, desde então, vem aprimorando a ideia. Segundo ele, cerca 1,8 mil contêineres como o do Farol estão em funcionamento Brasil afora. Há um exemplar, por exemplo, na favela da Rocinha, no Rio.

Fonte: Notisul

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter