PRESERVAÇÃO: A importância das dunas para ecossistema

Como são bases diferentes, muitas pessoas não sabem a verdadeira importância e necessidade das dunas nas praias. Alguns turistas reclamam e acham que elas tiram “a vista” do mar. Não imaginam que são fundamentais para todo o ecossistema litorâneo e que sem elas as praias não se sustentarão por muitos anos.

No verão, quando milhares de turistas visitam as praias de Santa Catarina, as dunas costumam sofrer com o pisoteamento sobre a vegetação de restinga e até tráfego ou estacionamento de veículos.

A vegetação de restinga que fica sob as dunas, como as da região Norte da Praia do Mar Grosso, em Laguna, é área de preservação permanente, ou seja, deve obrigatoriamente ser mantida. Qualquer dano é caracterizado crime ambiental, sujeito a multa - e pesada.

A restinga é um ecossistema fundamental na contenção do avanço do mar, no combate à erosão e às enchentes, protege a orla e é o habitat para diversas espécies da fauna local.

Na semana passada, a Guarda Municipal de Laguna notificou donos de veículos que estavam estacionados em cima de dunas na região dos Molhes da Barra. Alguns foram removidos pelo guincho e os proprietários podem responder por crime ambiental.

De acordo com a legislação é dever do município ordenar, fiscalizar o trânsito e promover a preservação do meio ambiente.


Entenda a importância das dunas:
• Protegem as estruturas urbanas (posto de guarda-vidas, estrada, etc.) diante da força das ressacas marítimas, das marés e da erosão costeira;

• Mitiga a erosão pluvial (água da chuva), fazendo com que a água escoe para a praia de forma mais lenta;

• Manutenção da largura da faixa de areia da praia (sem dunas frontais, não há deposição de areia, e sim erosão, reduzindo a largura da faixa de areia da praia);

• Reposição de areia nas bancadas das praias, favorecendo a formação de boas ondas para a prática do surfe (que gera qualidade de vida para a comunidade local e atrai o turismo e o comércio);

• Melhora as condições estéticas e paisagísticas da praia;

• Relaciona a região com conceitos como: organização, preservação, respeito ambiental, etc., aumentando o valor turístico e o reconhecimento do trabalho da gestão municipal;

• Mantém o ecossistema (habitat) para diversas espécies da fauna local.

Fonte: Diário do Sul

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter