Aluguéis de temporada movimentam economia

A procura por locações em imóveis na região do Mar Grosso, em Laguna, continua alta. Mas quem ainda não garantiu um espaço para passar as férias ali vai ter que procurar bastante. A maioria das imobiliárias já não tem mais opções de casas e apartamentos, e consideram a temporada atual mais movimentada que a anterior.

Anselmo da Silveira, corretor de imóveis na empresa Rodrigo dos Santos, considera a temporada 2018/2019 a melhor dos últimos cinco anos, quando ele começou a trabalhar na área. “A procura continua, mas já não temos mais oferta para tanta demanda. Só temos opções, e poucas, para a semana do Carnaval. Para janeiro e fevereiro, todos os nossos apartamentos e casas já estão locados”, conta Anselmo. 

De acordo com o corretor, a maior parte dos clientes fechou contrato de locação para 30 dias. “Tem muito pai e mãe que continua trabalhando, mas deixa parte da família aqui aproveitando durante a semana. Daí no sábado e domingo eles retornam e aproveitam todos juntos”, relata.

A maioria dos turistas que estão em Laguna são da região, e até mesmo de outras partes do país, como os gaúchos. A proximidade com a praia faz com que muitas pessoas da Amurel e da Amrec escolham o Mar Grosso como destino.

 

Turistas da região são a maioria

A facilidade de deslocamento também é apontada por outros corretores entrevistados pelo DS. Todos eles falam sobre a temporada movimentada na economia local e sobre os clientes da região, que estão em peso em Laguna.

“Eles vêm principalmente de Orleans, Braço do Norte, Armazém, Capivari de Baixo. Os principais clientes nessa temporada são daqui de perto, que contam com essa facilidade de deslocamento”, explica a corretora de imóveis Maria Aparecida Corrêa Fretta. Na imobiliária dela, todas as opções para a temporada também já estão ocupadas. “Ontem mesmo recebi duas famílias aqui, em busca de um apartamento, mas não tenho mais nada vago”, diz Cida.

 

Mais opções para quem se antecipou

Grande parte de quem já passa a temporada em Laguna fechou o contrato há bastante tempo. Os primeiros clientes da imobiliária Lagunense, onde Edmara dos Santos trabalha, reservaram os apartamentos e casas entre agosto e setembro do ano passado.

“Quem se adiantou conseguiu um local melhor e mais perto da praia. Agora, só temos duas opções de apartamentos vagos. Eles custam, em média, R$ 400 a diária”, conta Edmara.

A praia do Mar Grosso, a mais movimentada de Laguna, tem poucas opções de casas, já que grande parte dos terrenos próximos ao mar é ocupada por prédios. A maior parte deles, que estavam para locação, tem de dois a três quartos. Quanto mais próximo do mar, maior é o valor de locação.

“Aqui na imobiliária, todos os contratos foram fechados para a temporada. O pessoal entrou no imóvel no dia 15 de dezembro, e só voltará para casa no dia 15 de março, depois do Carnaval. Em média, eles gastam entre R$ 10 mil e R$ 16 mil na locação do imóvel. Mas sabemos que há outros com valores ainda maiores”, relata a corretora Maria Aparecida Corrêa Fretta.

“Tivemos opções de imóveis próximos à praia, com dois dormitórios, custando entre R$ 3 mil e R$ 4 mil, para 30 dias. Com três dormitórios, no mesmo período, o valor ficava em R$ 6 mil. O condomínio já está incluso, e o inquilino paga a energia. Mas, agora, não temos mais nada vago. Com certeza, essa é uma das melhores temporadas do setor nos últimos anos”, celebra o corretor Anselmo da Silveira.

Fonte: Jornal Diário do Sul

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter