Evento contrário à mineração no município de Orleans reúne grande número de pessoas

Mais de 300 pessoas, de várias comunidades de Orleans e região, participaram neste domingo, dia 31, na comunidade de Três Barras, do evento promovido pelos guardiões do costão, através do Movimento Viva Orleans (MOV).


A preocupação com a possibilidade de exploração de minério no município, em comunidades do costão da serra, vem mobilizando moradores. O grupo defende que a exploração de carvão comprometerá o abastecimento de água em diversas comunidades e também na zona urbana do município. Isso porque o Rio Laranjeiras nasce na comunidade de Três Barras, principal área de interesse de mineradoras.


O domingo foi marcado por palestras e depoimentos, que abordaram desde os impactos da exploração de carvão até como trabalhar com turismo rural e ecoturismo. Conforme os representantes da Fazenda e Pousada São Lourenço, Cris Belarmino e Dido Bortoluzzi, de Siderópolis, a instalação da mineradora nem sempre significa aumento de empregos no município. Esta mão de obra em sua grande maioria vem junto com a mineradora, conforme aconteceu em Siderópolis, relataram. Atualmente com 13 mil habitantes, contava na época de atividade da empresa mineradora com 23 mil habitantes. Com a saída, os moradores também partiram para outros municípios, "restando a Siderópolis apenas a degradação", lamentaram. “É primordial que os agricultores busquem informações e conhecimento e assim poderão ser empreendedores”, alertam.


Tadeu Santos, representante da ONG Sócios da Natureza, de Araranguá, relatou sobre as conquistas e dificuldades da ONG, reforçando a importância da sociedade organizada. Ele pontuou ainda a dificuldade de lutar contra as mineradoras. “É a atividade mais mafiosa que conheço, porque só se preocupa com o lucro, sem se preocupar com a fauna e a flora”, pontuou. “É importante ter consciência que o carvão irá fazer um estrago muito grande por onde passa, acabando com tudo, inclusive, com a agricultura”.


O deputado estadual Volnei Weber, que também marcou presença, afirmou que o tema discutido é muito grave. "Este evento acontece diante da nossa preocupação com o meio ambiente, se por ventura venha a ser extraído minério no município de Orleans, deixará um grande rastro de destruição. E para aqueles que aqui vivem isso é muito ruim. Orleans vive e muito bem sem a mineração”. O deputado comentou que não é contrário à mineração, mas, em sua opinião, as mineradores deveriam ficar somente onde já atuam e explorar melhor os minérios, aplicando novas políticas para causar menos impactos, ao invés de expandir para novos municípios. 


O deputado frisou também a necessidade de a sociedade adquirir novos hábitos. "Não basta apenas aprender a necessidade de preservar, é preciso que o cidadão cuide do meio ambiente. Um canudo não foi parar na narina de uma tartaruga marinha sozinho. Fomos nós seres humanos os causadores disso. Somos representantes desta região e me coloco aqui em defesa deste povo e desta terra”, ressaltou.


O prefeito de Orleans, Jorge Luiz Koch, que também se posiciona contrário à mineração no município, estive presente, junto a secretários e vereadores.

Fonte: Portal Imprensa News Sul

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter