Safra de pinhão deve ser 70% menor neste ano em Santa Catarina

As temperaturas mais baixas vão começando a aparecer na região Sul de Santa Catarina e a procura pelo pinhão, produto típico do inverno também vai aumentando, isto porque é possível realizar diversas receitas com a semente. Mas neste ano, os apreciadores de pinhão precisarão pesquisar valores, já que a safra será em torno de 70% menor do que ano passado. Os dados são da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) de Lages.

De acordo com o gerente regional da Epagri de Lages, José Márcio Lahemann alguns fatores colaboraram para a baixa produtividade. “O pinhão é nativo e necessita muito do clima e muitas vezes têm alternâncias em relação a colheita. O clima pode interferir na produção do pinhão”, afirma. “Este ano, em média os produtores estão vendendo o quilo a R$ 7”, acrescenta.

O quilo do produto pode chegar a R$ 12 em alguns comércios. Segundo a Epagri, ano passado foram colhidas 3.500 toneladas de pinhão na Serra catarinense. A venda de pinhão está autorizada desde o dia 1º de abril.  São Joaquim, Lages, Bom Jardim, Urubici, Painel e Urupema são os grandes produtores da semente no estado.

Fonte: Portal Engeplus

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter