Tubarão chega aos 149 anos com inovação

Completando 149 anos hoje, Tubarão é uma cidade que está acelerando o desenvolvimento. Com potencial turístico, econômico e social, além de localização privilegiada, o município é polo na Amurel, e conta com cerca de 103 mil habitantes, conforme estimativa do IBGE de 2014.

Segundo o prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli, a cidade está acelerando o desenvolvimento em todos os setores, e os resultados já são alcançados. “Os avanços ocorrem em toda a cidade. Estamos com bons resultados no Esporte, na Educação, na Infraestrutura, e já temos um conjunto de ações para os próximos anos, para preparar a cidade. Tubarão está acelerando o desenvolvimento”, diz. 

Na Infraestrutura, aponta Joares, os acessos estão na reta final. “Além disso, investimos em padronização, esgotamento, calçadas e ciclovia nas obras. O programa ‘Se essa rua fosse minha’ vai deslanchar esse ano, e pretendemos resolver parte da pavimentação da cidade. Atualmente, temos 100 quilômetros de áreas não pavimentadas na área urbana”.

A Educação também tem demonstrado resultados positivos, de acordo com Joares. “Neste ano, estamos zerando a fila da Educação, incluindo mais de 700 crianças que estavam fora da sala de aula. Isso é investimento em pessoas, e me deixa muito feliz, porque quando a gente consegue atingir diretamente o cidadão, tanto em Educação quanto no Esporte, é motivador”. 

Na Saúde, ressalta o prefeito, melhorias e reformas nas estruturas, e investimento grande em medicamentos na Farmácia Básica são itens que demonstram os avanços na área. “Estamos preparando a cidade para as próximas décadas, oferecendo ao cidadão: Qualidade de vida, Saúde, Educação e Infraestrutura. Quero agradecer a cada um e desejar sucesso, saúde e desenvolvimento para todos os tubaronenses”, enaltece.

Acit une forças em busca de inovação

Quando se fala em pautas de Tubarão e região, a Associação Empresarial de Tubarão (Acit) não mede esforços para estar engajada. A união de forças tem sido uma das bandeiras da entidade no que diz respeito à Cidade Azul continuar crescendo e seguir em busca de inovação, que é o que busca nestes seus 149 anos, celebrados hoje. 

De acordo com o presidente da Acit, Edson Martins Antônio, ela se consolidou como uma associação que faz o papel de buscar sempre novas oportunidades, novas ferramentas de desenvolvimento, implantando novos projetos e unindo setores com o propósito de construir uma região mais próspera, rica econômica e culturalmente.

Edson diz que a Acit tem hoje como foco aproximar as partes e ir em busca das demandas e oportunidades. “Para isso, unimos empresários, setor público e instituições de ensino. Olhar para a cidade que busca inovação”, fala o presidente. “A força dos empresários é algo que faz diferença. Ou seja, atuamos no que podemos contribuir para que a economia da região se torne mais forte”, completa. 

Dentre as pautas que a Acit pleiteia, e que vão contribuir para mais crescimento de Tubarão, segundo Edson, estão: a conclusão da rodovia Ivane Fretta; a pavimentação asfáltica da rodovia Ageu Medeiros, que faz parte do complexo viário da rodovia “Serra-
Mar”; e a conclusão do aeroporto. “A pista ainda recebe terminal de cargas”, explica Edson. E, por fim, conforme o presidente, a conclusão do Centro de Inovação. 

Para Edson, a região, para seguir crescendo, tornando Tubarão uma das cidades beneficiadas, precisa de um plano de desenvolvimento. “É um projeto importante, que vai nos mostrar as riquezas que temos e como elas podem alavancar nosso crescimento”, diz.

Inovação em todos os setores

A inovação está presente em todos os setores de Tubarão, e muito tem sido feito na área de tecnologia, de fomento ao ecossistema de inovação.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico de Tubarão, Giovane Bernardo, é trabalhado na cidade o ecossistema de inovação, que é muito mais amplo do que apenas um setor. 

“Envolve universidades, movimentos de startup, entidades, investidores, além dos ambientes de inovação, que abrangem o Centro de Inovação, a incubadora da universidade, o laboratório aberto do Senai. Isso tudo forma o ecossistema”, explica. 
Segundo ele, nesse aspecto, um trabalho amplo é desenvolvido. “São ações como o Startup 

Weekend, Inovation Summit, que neste ano será em outubro, entre outras atividades, que são realizadas para fomentar o ecossistema. Além disso, há a preparação do ambiente em relação à legislação e outros quesitos, bem como o Fundo de Inovação do município, que ajuda a fomentar esses eventos”, ressalta. 

Quanto ao Centro de Inovação, Giovane explica que é um dos tripés principais da cidade. “Envolve o desenvolvimento do ecossistema, das pessoas se envolvendo com o tema; a estrutura e a legislação dos incentivos. Todo esse trabalho representa muito para a cidade, porque traz uma nova dinâmica e possibilidades que hoje não são trabalhadas no dia a dia”, diz. 

Além disso, Giovane explica que os negócios digitais são os principais alavancadores para o desenvolvimento da área. Mas, diz ele, o município elencou sete nichos estratégicos em desenvolvimento, como Tecnologia da comunicação, Saúde, Varejo, Construção civil, Logística, Agronegócio e Turismo. “São desenvolvidas ações de inovação para cada um deles. Tudo ajuda no ecossistema de inovação da cidade, que é um processo continuado, até termos um ecossistema forte, como em grandes centros”, acrescenta.

CDL investe em desenvolvimento

Todos os setores produtivos de Tubarão buscam se desenvolver. E o comércio varejista também é um deles. Para o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Harrison Marcon Cachoeira, a inovação tecnológica é uma ferramenta de fundamental importância.   

Em Tubarão, segundo ele, a inovação da tecnologia está presente não apenas no Sistema CDL e SPC, mas também nas lojas.  

Os empresários entendem que é necessário aplicar cada vez mais nesta área, e Tubarão chega aos seus 149 anos com o crescimento em tecnologia como peça essencial para o fortalecimento de sua economia. 

Nos últimos anos, segundo Harrison, o varejo, no que diz respeito à inovação tecnológica, tem mostrado uma grande evolução. Isso se dá não apenas com a digitalização dos negócios, com várias ferramentas que permitem o aumento das vendas, mas também por meio de mecanismos que tornem as empresas mais competitivas e prontas a enfrentarem seus desafios. 

Este desafio, analisa o presidente da CDL, está também relacionado ao perfil do consumidor e ao seu impacto quanto ao uso da tecnologia, buscando um relacionamento melhor com o comprador. Ele lembra que as redes sociais estão totalmente incorporadas à grande maioria dos consumidores que buscam informações sobre produtos, preços, e até mesmo na opinião de amigos e parentes, para direcionarem suas compras.

Mas mesmo diante de toda a tecnologia, segundo Harrison, não há ainda como renegar a importância da venda presencial, em que consumidor e vendedor se transformam em cúmplices de uma grande amizade e de conhecimento. “O vendedor, mesmo diante do poder compartilhado pela tecnologia, não vai perder nunca sua característica humana, assim como o consumidor”, conclui.

Economia

Tubarão destaca-se por ser o segundo centro comercial do Sul do Estado, principalmente na área de cerâmica. Destaque também para o turismo, centrado em suas estâncias hidrominerais. Tubarão é um importante polo comercial da região, e foi, durante muitos anos, sede da EFDTC.

Fonte: Jornal Diário do Sul

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter