SC-390 ganhará balança de fiscalização

Das oito balanças de fiscalização que serão destinadas às rodovias estaduais de Santa Catarina, apenas uma será fixa. Ela ficará na SC-390, na Serra do Rio do Rastro, em Lauro Müller. A decisão foi confirmada pelo comandante do Comando de Policiamento Militar Rodoviário do estado (CPMR), tenente-coronel José Evaldo Hoffmann Júnior. Segundo ele, a medida foi uma determinação do governador Carlos Moisés, após os problemas de rachaduras na pista, que levaram à interdição do trecho em fevereiro deste ano.

A compra dos oito equipamentos para Santa Catarina está em fase de licitação e, conforme o comandante, a intenção é que o processo seja finalizado em aproximadamente 90 dias. “A gente já tinha em mente adquirir essas balanças e o Governo do Estado disponibilizou o recurso. Na realidade, ele disponibilizou o superávit do ano passado. Isso fazia muitos anos que não acontecia e a gente conseguiu um recurso bastante razoável”, destaca o tenente-coronel.

De acordo com ele, cada balança custará, em média, R$ 150 mil. Além delas, o CPMR também está adquirindo vans, que são bases móveis, mas o investimento não está incluso nesse recurso disponibilizado pelo Estado.

Uma para cada região

As outras sete balanças serão móveis e cada região catarinense receberá um equipamento. “Então vai ter ainda uma no Sul, uma na região de Blumenau, uma na de Joinville, uma na de Lages, uma na de Joaçaba, uma no Extremo-Oeste e uma vai ficar na sede, para que a gente possa fazer operações”, explica o tenente-coronel.

Essa segunda balança prevista para o Sul do estado, segundo ele, terá como base a companhia em Cocal do Sul. Além do posto local, ela também será utilizada pelas unidades da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) de Içara, Gravatal e Lauro Müller.

Benefícios em diferentes aspectos

O projeto para a aquisição dessas balanças foi entregue pelo CPMR à Casa Civil, em março deste ano. Até então, estava prevista a aquisição de apenas cinco equipamentos móveis. Desses, um já era especulado para ficar na Serra do Rio do Rastro.

Conforme o comandante, esses equipamentos auxiliarão no processo de inspeção dos veículos de carga que trafegam pelo território catarinense. Com isso, será possível identificar os que apresentam excesso de peso, um problema comum no estado. “Como não há fiscalização, o pessoal acaba transitando com a carga que quer”, pontua.

Entre os problemas provocados pelo excesso de peso está a sobrecarga no próprio veículo, que compromete o sistema de frenagem, por exemplo, aumentando o risco de acidentes. Outro ponto grave é o dano ao pavimento asfáltico, contribuindo para que a pista se deteriore mais facilmente. “Uma rodovia que é projetada para durar dez anos, sem fiscalização dura três anos e meio”, reforça o comandante.

Fonte: Portal DN Sul

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter