Mais uma joalheria é alvo de assalto

Uma joalheria no Centro de Tubarão foi assaltada por volta das 11h30 de ontem. Os bandidos chegaram ao local fortemente armados e renderam e amarraram as funcionárias da loja, a ótica Rinaldi, localizada na avenida Marcolino Martins Cabral.

 

Segundo a Polícia Militar (PM), uma das funcionárias da relojoaria contou que estava com as outras duas colegas no balcão quando um homem entrou na loja e perguntou se era possível trocar R$ 100. A funcionária respondeu que não, ao que o homem mostrou a arma e anunciou o assalto, mandando que elas fossem para os fundos da loja.

 

Neste momento, outro assaltante entrou na relojoaria, também armado, e levou as atendentes até o segundo andar. Lá, as três foram amarradas, enquanto os bandidos levavam o que conseguiam do andar de baixo.

 

Ainda de acordo com a PM, há informações de que outros dois bandidos participaram da ação e teriam ficado no carro, à espera dos comparsas.

 

Os criminosos fugiram levando aproximadamente cem relógios e cem anéis, além de outras joias. O valor estimado dos itens não foi divulgado. Eles roubaram ainda R$ 700 em dinheiro e os celulares das três atendentes que estavam na relojoaria.

 

O carro usado na ação foi encontrado pela Polícia Militar (PM) pouco depois, abandonado no bairro Fábio Silva. O veículo tinha placas de Porto Alegre (RS), mas estas eram clonadas. Os assaltantes seguem foragidos.

 

Pelo chassi do carro, um Fiesta de cor preta, foi possível identificar que o automóvel era, na verdade, de Viamão (RS), e que tinha sido furtado na mesma cidade no mês de julho.

?Casos são constantes no Centro de Tubarão

As óticas, joalherias e relojoarias têm sido alvo constante de assaltantes em Tubarão. O caso mais recente foi praticado contra a RH Joalheria, também no Centro da cidade, no começo deste mês.

 

Um homem quebrou a vitrine da loja com uma marreta, por volta do meio-dia, e roubou relógios que estavam em exposição. A ação foi flagrada por policiais que passavam pela rua. O autor do crime foi perseguido e acabou abandonando os itens roubados, mas conseguiu escapar.

 

Em agosto, uma dupla de assaltantes quebrou a tiros a vitrine da Relojoaria Quevedo, dentro do Farol Shopping, para roubar itens expostos. Foram feitos disparos, provocando correria e tumulto dentro do centro de compras. Por sorte, ninguém se feriu. As câmeras de segurança do shopping registraram toda a ação. Um dos bandidos foi identificado, mas segue foragido.

 

No entanto, o caso mais grave segue sendo o praticado justamente contra a Rinaldi, novamente o alvo nesta quinta-feira. Em fevereiro de 2010, um assalto à relojoaria acabou terminando com a morte de um homem. Evandro Luiz Benedet, de 33 anos, passava pela rua da loja quando foi atingido na cabeça por uma bala perdida. Ele morreu no hospital três dias depois. O tiro foi efetuado pelos autores do assalto – dois adolescentes –, que reagiram quando outro pedestre tentou impedi-los de fugir.

Fonte: Diário do Sul

Imagem: Lucielio Henrique

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter