Prefeito vai decretar situação de emergência em Tubarão

O prefeito Olavio Falchetti vai decretar nas próximas horas situação de emergência em Tubarão. Esse mecanismo permite ao município realizar de maneira mais ágil os procedimentos de emergência sem a necessidade de processos burocráticos como processo de licitação.

Em entrevista coletiva realizada na sede da Defesa Civil de Tubarão, o Poder Executivo, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar divulgaram um balanço inicial da catástrofe que atingiu a cidade na tarde de ontem. Apesar dos danos materiais, parciais ou quase totais, em residências de toda a cidade, não há desabrigados. Quem precisou sair de casa se alojou em residências de parentes ou amigos. Por precaução, a força tarefa de vários órgãos está preparando um alojamento na sede da associação dos ferroviários, ao lado do estádio Domingos Gozales.

Segundo o tenente Araújo, do Corpo de Bombeiros, desde ontem foram mais de 80 ocorrências registradas. Pelo menos 10 pessoas ficaram feridas e precisaram de atendimento médico, além da morte de uma menina de sete anos.

A Polícia Militar, que teve a cobertura do batalhão praticamente destruída, está sem o telefone 190 por problemas na linha telefônica. Enquanto o serviço não for reestabelecido as chamadas de emergência devem ser feitas no 193 do Corpo de Bombeiros. As aulas nas escolas públicas e particulares foram suspensas. Segundo o secretário de Governo Matheus Madeira o atendimento nos postos de saúde estão comprometidos. Somente uma unidade está aberta a comunidade.

O serviço de abastecimento d’água e energia elétrica está sendo restabelecido de forma gradual, mas a Celesc não tem previsão de quando o serviço será normalizado na região. Uma situação que foi alertada durante a entrevista coletiva foi quanto ao acesso de informações.

Boatos espalhados em redes sociais de que um novo vendaval poderia atingir a cidade foi desmentido.

“É importante que as pessoas procurem fontes oficiais e de confiança. Os boletins meteorológicos indicam chance de chuva para a região, não se sabe se teremos chuva em Tubarão, mas com certeza aquele vendaval não se repetirá nos próximos dias”, alertou um integrante da Defesa Civil.

A Defesa Civil também vai disponibilizar à imprensa um boletim atualizado de hora em hora para que as informações possam ser repassadas a comunidade.

Informações e foto: Diário do SUL

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter