Polícia trabalha com várias hipóteses na investigação do assassinato em Imbituba

Uma desavença por posse de propriedade pode ter sido a motivação do assassinato registrado na madrugada desta quarta-feira (10) em Imbituba, mas não é a única hipótese a ser investigada.

Arcedino da Rocha, 43 anos, morreu após ser alvejado por dois disparos de arma de fogo que atingiram a nuca por volta das 3h30min da madrugada desta quarta-feira.

De acordo com a polícia, o morador do bairro Nova Brasília, estava em casa quando escutou uma movimentação atípica na rua. Armado com uma barra de ferro, ele foi verificar o que acontecia quando foi surpreendido pelos disparos.

Arcedino não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A esposa foi quem o encontrou no terreno vizinho, após ter acordado com o barulho dos tiros. Ela não se feriu e afirmou à polícia não ter avistado nenhum suspeito no local e de que o marido havia saído para trabalhar na noite anterior, pouco depois das 20 horas, e não o havia visto mais até escutar o barulho e chamar a PM. O Corpo de Bombeiros de Imbituba chegou a ser acionado e constatou o óbito.

O Instituto Médico-Legal (IML) de Laguna recolheu o corpo da vítima. A morte de Arcedino é o décimo homicídio do ano registrado na região da Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel) e o segundo em Imbituba. Os demais aconteceram em Tubarão, com três mortes, Laguna, com dois, Garopaba, Capivari de Baixo e Braço do Norte, com um homicídio cada.

O delegado da Comarca de Imbituba, Raphael Johann Giordani informou que a polícia está trabalhando com algumas hipóteses que levam a mais de uma linha investigativa e que não seria conveniente adiantar o trabalho que vem sendo realizado. “Assim que tomamos conhecimento do fato iniciamos as investigações, já às 5 horas de ontem; em conjunto com o IGP, foi conduzida a perícia no local de crime e realizado o encaminhamento do corpo ao IML para necropsia. Durante toda a quarta-feira, investigadores estiveram em campo coletando informações, mas no momento é o que podemos adiantar”, declarou o delegado Giordani.

Fonte: Notisul

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter