Jovem responderá por duplo homicídio

O acusado pelo atropelamento e morte de mãe e filho, na tarde de quarta-feira, em Tubarão, foi preso na manhã de ontem, em Pescaria Brava. O jovem de 24 anos foi encontrado em via pública pela Polícia Militar (PM), após denúncia. Na abordagem, não ofereceu resistência, e no interrogatório afirmou que o crime que vitimou Gisele Valgas Ferreira, de 40 anos, e o filho, Isac Ferreira de Andrade, de um ano e nove meses, foi sem intenção.

De acordo com o delegado responsável pela prisão do acusado, Rubem Teston, o jovem é conhecido por ter passagens policiais por diversos motivos desde sua adolescência. Ainda segundo o delegado, ele foi autuado pelo crime de duplo homicídio com dolo eventual, pois assumiu o risco ao andar com o veículo em alta velocidade. “Se reconhecido o dolo pelo poder Judiciário, irá a júri”, antecipa Rubem.

Momentos antes do atropelamento, o acusado teria ido até a casa de sua companheira e, depois de uma discussão, furtou o carro da proprietária da residência, localizada no bairro Oficinas. Com o carro furtado, um HB20, o jovem foi para o bairro Passagem, onde atropelou Gisele e Isac, que estavam em uma bicicleta.

Com o impacto, Gisele foi arremessada para dentro do pátio de uma residência, vindo a falecer ainda no local. Seu filho foi socorrido com vida, levado ao hospital, mas faleceu horas mais tarde. Logo após o acidente, o acusado fugiu a pé, sendo encontrado e preso na manhã de ontem.

Polícia diz que jovem não confirma relacionamento

Uma das hipóteses para a morte, que surgiram após o crime, foi que o acusado do acidente tinha um relacionamento com a mulher e o atropelamento teria sido intencional. No entanto, segundo o delegado Rubem, com base no depoimento do jovem, ele alegou que o acidente não foi intencional e não teve motivo passional. “Eles se conheciam, pois ambos transitavam com frequência na Área Verde, porém nada foi apurado sobre um possível feminicídio”, informa o delegado. Também circulou a informação de que Gisele estaria grávida. No entanto, o fato também não foi confirmado pela polícia.

Fonte: Jornal Diário do Sul

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter