Mãe e filho são presos por latrocínio de idoso

Uma mulher e o filho dela foram presos preventivamente pelo latrocínio (roubo seguido de morte) de Santelino Rosalino Laureano, de 71 anos. Os dois confessaram o crime, informou ao G1 a Polícia Civil. O idoso foi assassinado na última semana na frente do neto, de 5 anos, em Içara, no Sul catarinense

A criança reconheceu os dois presos. Segundo as investigações, a mulher é garota de programa e já tinha marcado encontros sexuais com a vítima. O idoso teria sido atraído até a casa dela, onde foi assassinado.

A vítima era dona de uma floricultura. O corpo e a criança, que estava amarrada, foram encontrados numa caminhonete, às margens da Rodovia Jorge Zanatta, na manhã de quinta-feira, dia 13. Menos de duas horas depois, a mulher sacou o dinheiro da aposentadoria de Laureano, R$ 2,5 mil, numa agência bancária. A polícia teve acesso a imagens de câmera de segurança do banco.

 

Testemunha-chave

A mulher foi presa em flagrante na sexta, 14, em casa, em Içara. Na delegacia, ela foi reconhecida pelo neto da vítima e confessou o crime. “Na casa dela foram encontrados o dinheiro da aposentadoria e a porta do guarda-roupa que estava na caminhonete com o corpo”, disse o delegado Rafael Iasco, responsável pelo caso.

O menino também reconheceu a residência dela como o local onde o avô foi assassinado. Na delegacia, a mulher apontou um homem como também responsável pelo crime. Essa pessoa chegou a ser presa, mas não foi reconhecida pela criança. “Começamos a achar que ela estava mentindo. Até que numa discussão na delegacia, com a filha dela junto, foi mencionado o nome do filho da suspeita”, contou o delegado.

Então, uma foto do jovem foi mostrada à criança, que o reconheceu. A polícia pediu a prisão preventiva dele e da mãe, e ambas foram autorizadas pela Justiça. O rapaz foi preso nesta terça-feira, 18, também em Içara, e confessou ter matado o idoso. “Ele disse que matou a vítima com pé-de-cabra, junto com a mãe, e que colocou o corpo no colchão na caminhonete, e o guarda-roupa em cima antes de levar para a estrada”, disse Iasco.

 

Inquérito

Por ora, a polícia descarta a participação de uma terceira pessoa no crime. Conforme o delegado, o inquérito deve ser finalizado ainda nesta semana.

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter