Tubarão e Capivari irão buscar recursos para ponte

A ponte ligando Tubarão e Capivari de Baixo é uma antiga aspiração da população das duas cidades. A ideia, que ficou na gaveta das duas prefeituras por muito tempo, foi retomada em reunião realizada ontem, onde ficou definido que os municípios vão pleitear recursos estaduais e federais para a obra. Para isso, a Amurel vai elaborar um pré-projeto para a ponte. 

De acordo com o prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli, a intenção é se antecipar a uma problema que deve surgir com a finalização da obra da rodovia Ivane Fretta Moreira, prevista para o ano que vem. 

“Com a finalização do acesso Norte, o tráfego no local será mais intenso e quem faz o percurso de Tubarão a Capivari de Baixo, apenas, vai ser impactado. As duas cidades são bastante próximas, pois muitas pessoas moram em um dos municípios e trabalham ou estudam no outro. É preciso retomar este projeto de forma urgente”, afirma. 

Ele esteve ontem com o prefeito de Capivari de Baixo, Nivaldo de Sousa, para dar prosseguimento às conversas iniciadas no primeiro semestre deste ano, visando à elaboração do projeto da ponte de concreto que ligará os dois municípios, próximo à ponte férrea. 

Um dos fatores mais importantes a ser pensado, afirma Joares, é a questão dos recursos, pois, em uma estimativa ainda não oficial, a previsão é que a obra custe em torno de R$ 20 milhões. 

“É um custo alto, que, mesmo unindo forças, as prefeituras não têm como arcar. Nossa intenção é pleitear recursos estaduais e federais para esta obra, mas, para que isso seja feito, precisamos ter um projeto em mãos”, completa o prefeito de Tubarão. 

Ficou acertado que a Amurel vai elaborar um documento detalhando o projeto e o objetivo dos dois prefeitos, que será entregue pelo vice-prefeito de Tubarão Caio Tokarski, na semana que vem, ao presidente da Comissão Mista do Orçamento, senador Dário Berger, e ao presidente do Fórum Parlamentar Catarinense, deputado João Paulo Kleinubing. 

A intenção é pleitear que a bancada catarinense em Brasília lute pela inclusão no orçamento federal de 2018, pelo menos, parte dos recursos necessários para a ponte. Os prefeitos também vão articular uma mobilização para buscar recursos do Estado.

Pré-projeto

Um pré-projeto da ponte feito pela Amurel em 2010 será adequado pela entidade. A princípio, o projeto preverá quatro pistas de rolamento (duas em cada sentido), duas faixas para pedestres e ciclovia, o que daria uma largura de cerca de 20 metros. O comprimento pode variar entre 150 e 180 metros, segundo o engenheiro, dependendo de alguns fatores, como as características do solo no local e até dos recursos disponíveis.

Fonte: Diário do Sul

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter