Banho reproduz sensações do útero

Parte do processo de exterogestação, que continua até os três meses de vida do bebê fora do ventre materno, é feita com o banho de balde, que ganha cada vez mais espaço nos lares da família recém-criada. A técnica holandesa, que transmite ao bebê as mesmas sensações que ele vivia no útero da mãe, está sendo aplicada em Tubarão e região.

O banho do ofurô e a massagem chamada shantala foram os temas de um workshop ministrado na Cidade Azul. As técnicas foram ensinadas pela equipe Zoe Nascer Divino. De acordo com a doula Michele Wanderlind, as técnicas servem para que os recém-nascidos se adaptem mais rapidamente ao novo mundo. 

“A importância dos dois vai além de apenas aliviar cólicas e desconfortos no bebê. São técnicas de estreitamento de vínculo entre mãe e bebê. É uma comunicação de mãe e bebê através do toque. No banho, traz-se a lembrança da sensação uterina, com o estreitamento do balde, da água quente e outros. É mais uma forma de aproximação deste ser com sua família”, explica a doula. A técnica consiste em um banho no balde em água morna. No balde, o bebê é colocado cuidadosamente e de uma forma apropriada.

Já a shantala é uma massagem milenar indiana, na qual o bebê é tocado pela mãe/pai em forma de massagem. “Para mim foi uma bela experiência. Sempre tive vontade de aprender a shantala para quando o meu bebê nascer. Todas as mamães deveriam ter essa oportunidade e, principalmente, se permitirem viver esses momentos tão valiosos com seus bebês”, diz Hevelyn, grávida de 30 semanas.

Orientações para o banho
De acordo com a doula Michele, para o banho de balde é ideal que seja colocado ¼ de água no reservatório, porque, quando o bebê senta, a água sobe, e é preciso ficar atento para que o líquido não ultrapasse a altura dos ombros. O balde deve ter bordas arredondadas e não deve ser utilizado para outros fins. Não se pode deixar o bebê sozinho e, além disso, deve-se segurar a cabecinha dele enquanto dá o banho. A água deve ser morna e o local para colocar o balde deve ser seguro.

Fonte: Diário do Sul

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter