Número de mortes por gripe A em SC chega a três em 2018, diz Dive

Três pessoas morreram em Santa Catarina em decorrência da gripe A, conforme o último boletim da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) divulgado na quinta-feira, dia 3. Dos casos, duas das vítimas eram doentes crônicos e um não tinha fator de risco. Até a última semana, somente um óbito havia sido confirmado.

Segundo a Dive, os casos de influenza estão dentro do esperado para o período que antecede a época de maior circulação dos vírus, que vai do início de maio e até o final de agosto. No dia 12 de maio, será feito um dia de mobilização para a vacinação, que já ocorre em campanha desde 23 de abril.

No período de análise do último boletim, que é de 31 de dezembro de 2017 até 2 de maio, morreram duas pessoas em Florianópolis e uma em São José, na Grande Florianópolis. Foram dois casos de gripe A H1N1 e um caso de H3N2.

Doentes por gripe A e B

A gripe A e B atingiu 35 pacientes em Santa Catarina. Até o último boletim, eram 30 casos.

Das notificações por influenza, 14 são pelo vírus A H1N1, 13 pelo vírus AH3N2, quatro ainda estão aguardando subtipagem de identificação do Influenza A e quatro somente pelo vírus Influenza.

A cidade catarinense com maior número de casos registrados foi Florianópolis, com 12 pacientes. Já com relação a idade das vítimas, a maioria tem entre 20 a 29 anos, 8 casos, e acima de 60 anos, também 8 casos.

Fonte: G1

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter