Servidores da Gerência de Saúde se manifestam

A  notícia do possível fechamento da Gerência Regional de Saúde, em Tubarão, fez com que os servidores que trabalham ali escrevessem uma carta, endereçada ao governador do Estado Carlos Moisés da Silva. O objetivo, segundo o documento, “é sensibilizar o atual governo, no sentido da manutenção do atual modelo de regionalização da Saúde”.

A carta é assinada pelos servidores da 19ª Gerência. O texto explica que os profissionais souberam do possível fechamento por fontes extraoficiais. Cita também o redesenho que prevê a desativação de 13 das 20 Gerências Regionais de Saúde no Estado, destacando que seriam criadas sete macrorregionais. Os municípios da Amurel, segundo a carta escrita pelos servidores, teriam que se reportar à macrorregião em Criciúma.  

O documento cita exemplos e números dos trabalhos prestados na região de Tubarão, como na área de assistência farmacêutica. “Atualmente, são atendidos cerca de 3.500 pacientes somente no componente especializado, e 1384 pacientes no componente judicial (sendo que este quantitativo pertence a Tubarão, Laguna, Gravatal e Pescaria Brava). A farmácia ainda é responsável pela entrega de insumos em áreas estratégicas, como: insulina, toxoplasmose, vírus sincicial, entre outros”. 

Também são destacados os serviços dos setores de vigilância sanitária, atenção básica, tratamento fora de domicílio, e da equipe de controle, avaliação e auditoria. O texto afirma que hoje são 53 os servidores de carreira especializados que atuam na regional. 

 “Considerando toda a demanda de serviços prestados aos municípios, ora aos profissionais de Saúde e gestores, ora aos pacientes, entendemos que a transferência destas responsabilidades para a região de Criciúma, conforme novo redesenho, permitiria que a qualidade e efetividade destes serviços fosse prejudicada”.

 

ATÉ ABRIL

O DS de ontem trouxe a notícia de que o governo do Estado vai manter funcionando, até 30 de abril, a Gerência Regional de Saúde de Tubarão (e dos demais municípios onde havia ADR’s). Segundo a assessoria da secretaria de Saúde, neste período serão adequadas as questões relacionadas a atendimentos e vacinas, por exemplo. 

Ainda de acordo com a secretaria, também será feito um estudo de adequação destas regionais, para decidir como será a logística após o dia 30 de abril. “As ADR’s (Agência de Desenvolvimento Regional) serão extintas apenas após a reforma administrativa, e até lá as gerências permanecerão”, pontua.

Fonte: Jornal Diário do Sul

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter