Hospital de Tubarão aplica soro contra veneno de abelha

Os primeiros pacientes atendidos no Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), de Tubarão, receberam o soro antiapílico que tem como intuito inativar o veneno da abelha. Esses pacientes são o terceiro e o quarto no mundo a receberem o produto.

Um dos pacientes, com 61 anos, sofreu 20 picadas de abelha, recebeu o soro e, após 24 horas, teve alta e passa bem. Os exames laboratoriais mostram melhora progressiva após o uso do soro. Outro paciente, de 77 anos, chegou desmaiado no hospital e recebeu aproximadamente 150 picadas de abelha, sendo 60 na região da cabeça. Após o atendimento médico inicial e a estabilização, recebeu o soro, apresentou melhora expressiva e após 24 horas recebeu alta.

De acordo com um dos pesquisadores, Daisson José Trevisol, após a aplicação do soro os pacientes apresentaram melhora clínica e laboratorial, o que impressionou pesquisadores e colaboradores da instituição. “Em ambos os casos, o soro, que é experimental, foi aplicado mediante o consentimento dos pacientes e seus familiares quanto aos riscos e benefícios deste medicamento. Nenhum dos pacientes apresentou qualquer reação ao soro”, relata.

Atualmente, o soro antiapílico é testado em três centros de pesquisa do Brasil: em Botucatu (SP), em Uberaba (MG) e em Tubarão (SC), no HNSC.

Por aqui, a responsabilidade pela aplicação do produto é do CPC, e o estudo é conduzido pelos pesquisadores doutores Daisson José Trevisol, Fabiana Schuelter Trevisol e pelo médico dr. José Nixon Batista. O estudo conta ainda com a participação do Laboratório Santa Catarina.

A expectativa é que futuramente o soro seja um produto disponível para toda a população. “O soro poderá salvar vidas em casos de acidentes com picadas de abelhas africanizadas”, relata Daisson.

O pesquisador informa ainda que se um adulto for picado por mais de 500 abelhas, o corpo recebe uma quantidade de veneno suficiente para causar lesões nos rins, fígado e coração, debilitando esses órgãos.

Foto: Divulgação

Fonte: Diário do Sul

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter