Prefeitura de Orleans contrata cinco novos médicos para unidades de saúde

Desde o dia 1° de julho, cinco novos médicos atuam no município de Orleans atendendo em quatro unidades de saúde e também no Centro de Atenção Psicossocial (Caps). Os profissionais foram contratados pela Administração Pública através de concurso público.

A Secretária de Saúde de Orleans, Luana Debiasi, falou que a contratação inclui uma pediatra para atuar na Unidade São Lucas, enquanto os outros médicos irão atuar na unidade Nossa Senhora Aparecida (Pindotiba), na Unidade São José (Bairro Canudos), na Unidade São Roque (Bairro Barro Vermelho), além do Caps.

Luana ainda destaca que uma nova médica começa a trabalhar no próximo dia 17. “A partir do dia 17 a nova médica se forma e então assumirá. Vamos dividir de manhã em uma unidade e de tarde em outra para suprir a necessidade. Nas unidades do interior a população é muito grande e conta com quase quatro mil pessoas cada unidade de saúde”, comenta a secretária.

A falta de médicos que a cidade de Orleans enfrentou decorre da saída de vários profissionais que passaram para as residências médicas. Com isso, o município precisou realizar um novo concurso público para contratação de novos médicos. Essa dificuldade não é exclusiva de Orleans, como destaca a secretária Luana. “Não é só um problema de Orleans, mas de Santa Catarina e dos 295 municípios. Como realizamos toda a parte de concurso público, então tivemos que aguardar. Tivemos cortes de recursos devido à ausência de médicos, mas conseguimos fazer uma escala para não deixar a população descoberta. Contamos também com a Fundação Hospitalar Santa Otília que nos apoiou nesse período que estávamos sem os médicos”, conta.

O vice-prefeito Mário Coan também ressaltou a dificuldade que os municípios passam com a saúde. “A gente dispõe de todos os recursos e é importante completar todas as equipes de médicos da Estratégia de Saúde da Família, mas infelizmente não depende só do poder público a sua permanência. Da nossa parte, nós temos um dos maiores salários da região da Amrec, mas não é isso que retém esses profissionais. A maioria são médicos recém-formados que, quando surge uma oportunidade de fazer uma residência, eles procuram melhorar sua formação profissional. Isso é bom para a sociedade, mas é muito ruim para a prefeitura, que depende desses profissionais para manter as equipes”, esclarece o vice-prefeito.

Mário Coan ainda comenta que o município investe quase 25% dos recursos do município para a saúde pública. “Nós tínhamos mais de 30 médicos e acabou ficando sem ninguém. Fizemos um novo processo seletivo, são mais de 20 habilitados, mas a gente sabe que só um terço desses venham aceitar o cargo que eles passaram no concurso. Nós temos parceria com a Fundação Hospitalar tentando manter as consultas da população e mais as consultas especializadas, mas a demanda da sociedade é muito maior do que a capacidade que a administração tem de atender, embora o município de Orleans gaste aproximadamente 25% em saúde pública”, comenta.

Os médicos foram apresentados para a equipe da Administração Pública, incluindo o prefeito Jorge Koch, no fim da tarde desta segunda-feira (8).

Fonte: Portal Sul in Foco

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter