Sobe para 23, o número de famílias desalojadas pela chuva em Lauro Müller; Veja fotos

Subiu para 23, o número de famílias desalojadas em função do forte temporal que atingiu a cidade de Lauro Müller, nesta quinta-feira (05). Os moradores foram deslocados para casas de familiares e pousadas do município. Dezenas de casas e estabelecimentos comerciais foram atingidos pelos alagamentos.

A maior parte destas famílias residem nos bairros Içarense, Bela Vista e Sumaré. “Temos um cenário bastante preocupante. Não conseguimos quantificar corretamente o número de residências afetadas. Nos deparamos com pessoas vindo ao nosso encontro pedir ajuda. São quedas de muros e barreiras em grande parte das residências”, relata o coordenador da Defesa Civil – Regional Criciúma, Rosinei da Silveira.

Uma força tarefa, formada pela equipe do Governo Municipal e a Defesa Civil, percorrerá todo a cidade a partir da manhã desta sexta-feira (06 ) para continuar o levantamento dos estragos. Nas primeiras horas de ontem após as chuvas, apenas o perímetro urbano foi verificado.

O fornecimento de energia eletrica foi restabelecido às 01h37min pela equipe da Celesc. Um cabo entre as subestações de Siderópolis e Lauro Müller se rompeu após ser atingido por um raio.

E continua chovendo na região. Rosinei afirma que teme pelas famílias de comunidades do interior que podem estar isoladas. “Não sabemos ao certo quais as condições destes moradores. Orientamos a população para que fique atenta a sinais de perigo, como árvores ou postes inclinados. Isso pode ser sinal de escorregamento de terra. Nestas condições, procurem a Defesa Civil ou a prefeitura”, solicita.

O prefeito de Lauro Müller, Valdir Fontanella, deve decretar em breve a condição de estado de emergência na cidade. Com isso, medidas administrativas podem ser tomadas por parte do prefeito, sem a necessidade de licitações, como para aquisição de materiais e bens necessários para sanar os problemas ocasionados pela chuva, como conserto de vias e residências.

São móveis, eletrodomésticos e outros objetos que foram danificados pela chuva. Moradores contabilizam o que foi perdido e tenta recuperar o que restou dentro de suas casas.

Fonte: Sul In Foco

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter