Defesa Civil avalia situação na cidade

Durante todo o dia de ontem, equipes da Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil e da Gerência de Trânsito estavam nas ruas atendendo ocorrências em virtude do forte temporal que atingiu a cidade na noite de segunda-feira.

“Começamos a fazer o monitoramento tão logo as chuvas cessaram, ainda na noite de segunda, e estamos durante todo o dia com os trabalhos”, afirma o coordenador da Defesa Civil de Tubarão, coronel Djalma Alves.

De acordo com ele, as equipes fizeram rondas nos bairros Oficinas, Santo Antônio de Pádua, Humaitá, Recife e outras áreas com pontos de alagamento. “Pedimos que os motoristas fiquem atentos, pois alguns semáforos foram desligados, e o trânsito fica conturbado, em especial na descida do ‘Morro do Canudo’. Tão logo a chuva pare, esperamos que tudo volte à normalidade. Estamos atentos e à disposição da população”, destacou ao Jornal Diário do Sul.

Uma ocorrência foi registrada onde houve queda de galhos de árvores em uma residência, no bairro Humaitá de Cima, sem vítimas. “Reiteramos a orientação de que a Defesa Civil seja acionada, pelo número 199, no caso de ocorrência de algum problema causado pelo temporal, e que a população necessite de auxílio”, pontua o coronel Djalma.

Segundo o coordenador da Defesa Civil, as principais ocorrências foram pontos de alagamento e galhos caídos, mas sem vítimas ou pessoas desalojadas. “Também detectamos dois pontos com erosão na margem esquerda do rio, um próximo à cabeceira da ponte Heriberto Hülse e outra na avenida Getúlio Vargas. Então, isolamos aquela parte do passeio, para que os pedestres não corram riscos e o local receba o reparo necessário”, explica.

A região do Vale registrou alguns estragos mais significativos. Em Grão-Pará, árvores caíram e algumas casas ficaram com os telhados quebrados e com danos materiais internos.

 

Trânsito precisou de cuidado extra

A Gerência de Trânsito e Mobilidade da secretaria de Urbanismo, Mobilidade e Planejamento realizou, durante todo o dia de ontem, a avaliação e manutenção dos semáforos que apresentaram problemas em virtude do forte temporal que atingiu a cidade.

A Guarda Municipal de Tubarão (GMT) ficou em vias onde os semáforos estavam sem energia, interditando alguns cruzamentos e sentidos, sinalizando e mantendo as viaturas e homens nos pontos com maior movimento. Segundo o gerente de trânsito, Dionísio de Quadros, os equipamentos que sofreram danos estão operando, mesmo não estando em 100 % de sua capacidade normal.

“O principal problema se refere ao semáforo do Posto Disney, que teve uma de suas hastes derrubadas pelo vento. Provisoriamente, conseguimos retomar seu funcionamento, mas levará cerca de dez dias para que possamos recolocar a haste”, explica.

 “Além disso, temos mais oito pontos em que são necessárias trocas dos equipamentos, mas teremos que aguardar até o início de janeiro, pois a empresa fornecedora está em recesso e não possui os equipamentos em seu estoque. Estamos finalizando a documentação para a compra emergencial. Mesmo assim, estes semáforos continuam atendendo ao usuário, não trazendo prejuízos ao motorista”, avalia Dionísio.

 

Defesa Civil emite alertas por SMS

O coordenador da Defesa Civil de Tubarão, coronel Djalma Alves, diz que é importante que as pessoas se cadastrem para receber as mensagens de alerta do órgão através do celular. “Basta se cadastrar que as mensagens chegam por SMS, alertando para os riscos e avisando sobre possíveis temporais ou ventos mais fortes em cada região, conforme o CEP cadastrado”, explica.

Djalma afirma que estes alertas são fundamentais para que as pessoas se previnam de um possível acidente ou sejam pegas desprevenidas. “Estes alertas vêm das centrais de monitoramento instaladas em três regiões do Estado, incluindo a região Sul, e são enviados com antecedência e com frequência, para que todos possam se prevenir”, reforça.

 

Como se cadastrar

Para se cadastrar na Defesa Civil e receber SMS, basta enviar uma mensagem para 40199 contendo apenas o CEP, que automaticamente você passará a receber as informações da região cadastrada.

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter