Caminhoneiros permanecem às margens das rodovias de SC em 2º dia de protesto contra alta do diesel

Caminhoneiros de Santa Catarina chegam ao segundo dia de mobilização nesta terça-feira (22) contra o aumento no valor do diesel. Eles passaram a madrugada em pelo menos 17 pontos de rodovias federais e até esta tarde outros oito pontos também foram ocupados.
Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), não são registrados bloqueios totais no trânsito. Os atos ocorrem na Serra Catarinense, Oeste, Litoral, Vale de Itajaí, Grande Florianópolis, Norte e Sul.
Os grupos estão concentrados em pátios dos postos de combustíveis e nos acostamentos das rodovias. Os veículos de transporte de cargas estão sendo parados pelos participantes.
De acordo com a PRF, às 13h, os caminhoneiros estavam nos seguintes pontos, nas rodovias federais:
Mafra - km 7 da BR-116 - caminhões estão estacionados no acostamento
Papanduva - km 54 da BR-116
Santa Cecília - km 138 da BR-116
Lages - km 245 da BR-116 - caminhões estacionados em pátio de posto de combustível
Navegantes - km 9 da BR-470
Curitibanos - km 249 da BR-470
Imbituba - km 282 da BR-101
Tubarão - km 342 da BR-101
Jaguaruna - km 353 da BR-101
Araranguá - km 421 da BR-101
Itajaí - km 116 da BR-101
São José do Cerrito - km 263 da BR-282
Campos Novos - km 344 da BR-282
Joaçaba - km 395 da BR-282
Ponte Serrada - km 463 da BR-282
Araquari - km 21 da BR-280
Rio Negrinho - km 122 da BR-280
Maracajá - km 402 da BR-101
Indaial - km 68 da BR-470
Xanxerê - km 507 da BR-282
Maravilha - km 282 da BR-282
Rodeio - km 82 da BR-470
São Francisco do Sul - km 3 da BR-280
Monte Castelo - km 99 da BR-116
Lages - km 245 da BR-116

Manifestação nacional
Além de Santa Catarina, nesta manhã, foram registrados atos em pelo menos outros 14 estados: Bahia, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, São Paulo, Sergipe, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Tocantins.
Os protestos ocorrem contra o aumento do combustível e dos impostos no valor do diesel. A última alta diária ocorreu na sexta (18), quando a Petrobras elevou os preços do diesel em 0,80% e os da gasolina em 1,34% nas refinarias. Foi o 5º reajuste diário seguido. A escalada nos preços acontece em meio à disparada nos preços internacionais do petróleo.
A Petrobras diz que as revisões podem ou não refletir para o consumidor final – isso depende dos postos. Mas, segundo a Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP), o preço médio do diesel nas bombas já acumula alta de 8% no ano.

Fonte: G1

A Meu SUL surgiu em 2008 e, durante oito anos, circulou na região sul como revista. Em 2016, Meu SUL renasce como um portal de notícias cujo objetivo é levar até você informação com a credibilidade que já era encontrada nas páginas da revista. A WebTV Meu SUL também é uma novidade. Acompanhe-nos através de nossos canais e fique por dentro de tudo que acontece na região!

Av. Getulio Vargas, 504. Ap 101. Centro
CEP: 88.750-000 - Braço do Norte - SC

Telefone: +55 (48) 3658-0092

Email: [email protected]

Newsletter